Marco Ricca dá o tom certo a um dividido Elias em Órfãos da Terra

Publicado há um ano
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela das 18h da Rede Globo, Órfãos da Terra, tem um elenco muito bem escalado, desde os atores veteranos até os menos experientes ou estreantes. Do alto de seus 26 anos de carreira como ator de novelas, Marco Ricca tem bagagem e talento de sobra para viver Elias Faiek, pai da mocinha Laila (Júlia Dalavia) na história criada e escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid.

Da Síria para o Brasil: uma mudança inesperada na vida de Elias e sua família em Órfãos da Terra

Missade (Ana Cecilia Costa), Laila (Julia Dalavia), Elias (Marco Ricca), Kháled (Rodrigo Vidal) em Órfãos da Terra (Divulgação/ TV Globo)

Em síntese, é através da família de Elias que a história de Órfãos da Terra se desenvolve. Já no primeiro capítulo, a casa dos Faiek foi destruída num ataque a bomba. Da Síria para um campo de refugiados no Líbano, de lá para a Grécia e posteriormente para o Brasil, onde foram todos acolhidos e ajudados pela prima Rania (Eliane Giardini). Elias viera na companhia da esposa Missade (Ana Cecília Costa) e da filha mais velha, Laila. O caçula Khaled (Rodrigo Vidal) infelizmente falecera devido aos ferimentos causados na explosão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em São Paulo, onde antes de se encontrarem com Rania os Faiek foram também ajudados pelo Padre Zoran (Ângelo Coimbra), coordenador de um centro de acolhimento a pessoas na situação deles, refugiados de guerra, Elias tivera uma grande surpresa. Helena (Carol Castro), a bela viúva do amigo Rodrigo (Rafael Sieg), mexera com seus sentimentos. Do mesmo modo, Elias mexera com ela.

O marido fiel e carinhoso transfigura-se numa pessoa ausente
e áspera

De fato, conhecer Helena e relacionar-se com ela operara uma modificação em Elias. E é claro que isso não passara despercebido a ninguém, menos ainda a Missade. Antes um marido carinhoso, presente e dedicado, ele passara a chegar mais tarde, sair tendo desculpas esfarrapadas, tornara-se arredio e desinteressado da mulher. Laila um dia descobrira a verdade e flagrara o pai muito feliz e despreocupado, jantando com a amante em casa dela.

Seja como for, o flagra fizera com que a ficha caísse para Elias. Depois disso, apesar de não ter esquecido Helena de vez, nem perdido o interesse por ela, o sírio decidira se redimir com Missade e retomar a vida de antes.

Muitas dificuldades na trajetória dos Faiek

Com efeito, o casamento de Elias e Missade passara por
diversas atribulações desde a saída da Síria. A morte do filho, a dura viagem,
a defesa da honra da filha, alvo do assédio de Aziz (Herson Capri), as
provações e as dificuldades de adaptação de Missade à vida no Brasil… Tudo
isso compôs a cena perfeita para que Helena, viúva, bela, agradável,
conquistasse seu lugar nos afetos de Elias.

Marco Ricca, um destaque do elenco de Órfãos da Terra

Com toda a certeza, para além do triângulo central formado por Laila, Jamil (Renato Góes) e Dalila/Basma (Alice Wegmann), Órfãos da Terra tem em Marco Ricca um grande destaque. Na vasta galeria de personagens interpretados pelo ator, que vai do bandido asqueroso de época ao marginal urbano, do homem de classe média com filhos adolescentes ao magnata das comunicações, Elias figura como o homem dividido.

A nova vida no Brasil, que apresenta inclusive uma nova mulher como possibilidade de futuro amoroso, e a trajetória construída ao lado da esposa de muitos anos, num relacionamento que ora parece enfadonho e fracassado, oferece possibilidades de cenas emocionantes e possíveis de ocorrer com qualquer pessoa. Ademais, o que torna Elias e seu triângulo com Missade e Helena toleráveis e compreensíveis é seu ar de realidade. Não há culpados nem vilões na situação, o que aumenta a sensação de proximidade dos telespectadores. Por certo, ponto das autoras, da direção e dos atores.

*As informações e opiniões
expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou
não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio