Irregular, temporada de Sob Pressão mostra que a série caminha para o fim

Os dramas dos episódios começaram a ficar repetitivos, mas a série acertou na evolução dos protagonistas

Publicado em 22/10/2021 09:21
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sob Pressão é uma das grandes novidades da TV brasileira dos últimos anos. A série trouxe o drama médico à realidade nacional de uma maneira brilhante, ao expor os meandros da saúde pública ao mesmo tempo em que aprofundou nos conflitos pessoais do corpo clínico e dos pacientes que passaram pelos hospitais do enredo.

No entanto, o final da quarta temporada deixou evidente que há um certo desgaste da fórmula, demonstrando claramente que Sob Pressão ruma a um final definitivo por não ter mais para onde ir. Após os acontecimentos do especial Plantão Covid, exibido no ano passado, a série levou seus protagonistas a um novo hospital, mas acabou se repetindo nesta retomada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em cada episódio, Sob Pressão recebeu pacientes que expunham dramas de todos os tipos. Pessoas que vivem nas ruas, o grave problema da fome, o preconceito racial e outros conflitos foram explorados ao longo da temporada. Mesmo com alguns temas novos (e necessários), a abordagem se fez por meio de uma fórmula que começou a se repetir. Os episódios ficaram parecidos com os da primeira temporada, por exemplo.

Entretanto, a série acertou em cheio ao aprofundar ainda mais os dramas dos protagonistas. Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) foram colocados numa nova situação, o que trouxe o fator novidade da temporada.

O surgimento de um filho de Evandro e tudo o que a presença da criança desencadeou na vida do médico e de Carolina deu um novo tempero ao relacionamento deles. Se os conflitos das temporadas anteriores foram superados, novos conflitos foram criados, que colocou o casal num processo de evolução.

Evandro amadureceu ao se ver no papel de pai. Enquanto isso, Carolina precisou superar a interrupção de sua gravidez ao se ver diante do filho do namorado. A temporada explorou esta curva de amadurecimento no relacionamento dos médicos, que passaram por provações, mas tiveram o esperado “happy end”.

Ou seja, a quarta temporada de Sob Pressão teve uma trajetória irregular. A série acabou caindo numa forma com os dramas de cada episódio e não conseguiu se livrar das amarras desta fórmula. Por outro lado, ela acertou em cheio na trama que permeou a temporada, que se encerra de uma maneira terna. Agora é esperar para ver se a temporada final, prevista para o ano que vem, conseguirá driblar o fantasma da repetição.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio