Homenageando o humor da TV, Tá no Ar encerra mais uma ótima temporada

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não teve como não se emocionar com o episódio final da quinta temporada de Tá no Ar: A TV na TV, exibido na noite de ontem (17), na Globo. O programa de Marcius Melhem e Marcelo Adnet promoveu uma grande homenagem ao humor televisivo nacional, reunindo um grande elenco para reverenciar os programas clássicos, os grandes humoristas e a nova geração, citando nomes de todas as emissoras e de todas as épocas.

Considerado “herdeiro” de TV Pirata e Casseta & Planeta, Tá no Ar relembrou os dois programas, com as presenças de nomes como Hubert, Reinaldo e Cristina Pereira. Também falou sobre Os Trapalhões, Jô Soares, A Praça É Nossa, Porta dos Fundos, Pânico e tantos outros. Houve tempo até para relembrar os bons últimos anos da MTV Brasil e seus programas de humor, origem de Adnet. O comediante recriou seu 15 Minutos, num esquete no qual ele é surpreendido pelo fim da emissora musical no meio de uma gravação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tá no Ar homenageia clássicos humorísticos da TV e internet vibra com referências; veja

Para fãs de televisão no geral, e do humor da televisão em particular, o episódio de Tá no Ar foi um deleite. O humorístico promoveu um momento de ótimas piadas, grandes sacadas e até alguma emoção, ao relembrar a história da própria TV e realizar uma grande homenagem sem amarras, democrática e muito simpática. O humorístico deixou claro que tem respeito pela história da qual faz parte e pelas pessoas que fizeram o caminho que ele agora pavimenta.

O desfecho coroou mais uma temporada bem-sucedida do Tá no Ar. O programa não mais surpreende, pois seu formato já está consolidado e bem compreendido pela sua audiência, que já espera sátira de tudo e de programas de todas as emissoras. Mas se não surpreende na forma, Tá no Ar seguiu afiado no conteúdo, promovendo críticas ácidas e contundentes aos assuntos da atualidade. Nada escapa do radar do programa: política, religião e vida em sociedade, sob as mais variadas vertentes.

SBT alcança bons resultados aos domingos com Chaves e Mundo Disney

E o Tá no Ar tem um trunfo a mais ao se mostrar como um programa que se posiciona de maneira firme nos assuntos que trata. Exemplo claro disso é o clipe “Reaça”, uma paródia da canção “Realce”, de Gilberto Gil, que trouxe uma crítica sólida ao retrocesso político que ameaça o país. Por estas e outras, Tá no Ar segue como um programa necessário à televisão brasileira.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio