Giuliano Marcos merece todo o espaço que tem no Balanço Geral

Publicado há 3 anos
Por André Romano
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fernanda Montenegro em uma entrevista memorável, comentou que um grande ator, nasce dos tablados do teatro e de sua persistência a profissão. Se desistir, não é do ramo. Se sofrer por causa da profissão,  e mesmo assim sentir vontade de seguir essa carreira, você descobre na hora que é da classe.

Ilustrei essa resenha para falar de um repórter que eu acompanho durante alguns meses pela TV. Ele se chama Giuliano Marcos, e em suas reportagens para o Balanço Geral São Paulo, ele mostra toda a sua desenvoltura. Sem pieguice e sempre com respeito ao telespectador, em especial ao personagem da reportagem, Giuliano consegue tirar boas confidências do entrevistado e emocionar o telespectador. Mas sem cair no sensacionalismo barato, algo que vem acontecendo nos telejornais do país com frequência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Jonathan Azevedo celebra permanência de Sabiá em A Força do Querer após sucesso: “Ele morreria”

Dia desses, ele entrevistou um casal de idosos, que se apaixonaram. Mesmo com a timidez da senhora, o repórter conduziu a matéria com uma delicadeza, que eu juro que me emocionei. Se o profissional não for competente, ele não consegue entregar um material bom. Mas, Giuliano tem humildade e humanidade, algo que alguns coleguinhas perderam ao longo da jornada. Vaidade é a grande vilã de qualquer profissão. Se você se achar muito, o sistema te engole. Tudo na vida é momentâneo.

Enfim, é tão bom ver coleguinhas que carregam em seu olhar uma garra e desenvoltura. Que mesmo sem falar, diz em sua face: ‘eu amo o que eu faço’. Giuliano mostra o seu personagem (entrevistado) como protagonista, e, não se perde no egocentrismo que cerca o nosso meio. Para ele, a notícia é o mais importante, e, isso faz uma grande diferença. Que orgulho eu sinto de dizer que eu sou jornalista ao ver um profissional que apresenta a profissão como ela é de verdade. Sem maquiagem, sem vaidades, só de verdades.

Giuliano, continue nos presenteando com suas matérias, pois um grande contador de histórias, você já mostrou que é.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais