Fraco, Programa da Maisa perde fôlego e relevância

A apresentadora teen comanda um programa desinteressante

Publicado há 3 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT perdeu muita força com a pandemia do novo coronavírus. Seus programas de auditório foram prejudicados, e sua falta de tradição em jornalismo fez parte do público trocar de canal. Neste contexto, o Programa da Maisa surge como um das atrações mais prejudicadas. O talk show de Maisa Silva perdeu fôlego em 2020.

Na verdade, a pandemia apenas agravou um problema que o Programa da Maisa já mostrava desde o ano passado. Depois de um início promissor, com boa audiência e excelente repercussão, o talk show começou a patinar por conta de seu próprio formato. Engessado, o programa não aproveitava a espontaneidade de sua apresentadora, e ia ficando cada vez mais repetitivo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Programa da Maisa passou a ficar desinteressante com seu roteiro extremamente amarrado. Os quadros fixos iam se repetindo semana a semana, sem maiores arroubos de criatividade, o que fez com que a atração fosse perdendo o brilho. Tanto que parecia pouco para Maisa Silva, adolescente inteligente que tem muito mais a dizer do que era visto em seu próprio programa.

Temporada 2020

A temporada 2020 seria, portanto, a chance para o Programa da Maisa testar novidades. Mas não foi isso o que aconteceu. A atração estreou sua nova safra, em março, com praticamente mudança nenhuma. Seu apelo, passou a depender dos convidados.

Aí veio a pandemia, e o Programa da Maisa foi obrigado a se reinventar, como toda a TV brasileira. Depois de nova temporada de reprises, Maisa Silva retornou aos estúdios da emissora tomada de cuidados. Agora, o programa é apresentado sem plateia, com Maisa e convidados distantes no estúdio. Além disso, assim como os demais programas de entrevistas, a atração passou a usar de videochamadas.

Mas isso não ajudou o programa. Pelo contrário, o prejudicou. Sem a temperatura da plateia, sem convidados que geram buzz e sem um roteiro minimamente criativo, o Programa da Maisa caiu de vez no marasmo. A atração, hoje, vive de papo-furado, com convidados que nem tem muito a dizer. A baixa audiência comprova que o programa perdeu relevância.

É uma pena. Maisa Silva é um talento nato, tem um poder de comunicação invejável, e sabe falar ao jovem. Mas ela está sendo mal aproveitada, desperdiçada diante de um programa de formato fraco e desinteressante. Ela merece mais.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais