Fora da televisão, Lívia Andrade comete graves equívocos e compromete a imagem

No ócio da viagem de férias, apresentadora escolhe se envolver em polêmicas

Publicado há 10 dias
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bem-sucedida, independente e cheia de talentos: essa é a imagem que Lívia Andrade construiu ao longo dos mais de 20 anos de carreira na televisão. No entanto, entre os altos e baixos da vida, nunca se viu, em quaisquer circunstâncias, uma sequência de graves equívocos na vida pessoal, respingados em sua imagem como apresentadora.

Nos últimos dias de 2020, Lívia Andrade, atualmente de férias no México, optou por responder (precipitadamente) algumas declarações da influenciadora Pétala Barreiros, ex-mulher do todo poderoso do Villa Mix, Marcos Araújo, com quem tem dois filhos e de quem se separou recentemente.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na ocasião, entre algumas acusações e outras, Pétala expôs uma traição do empresário, que de imediato foi atribuída a Lívia, apontada como amante. Ela, segundo informado pela imprensa à exaustão desde antes do imbróglio, vive uma relação com ele, não confirmado por nenhuma das partes.

Pétala Barreiros, Lívia Andrade e Marcos Araújo (Foto: montagem/Observatório da TV)

Mesmo não tendo seu nome citado por Pétala, a apresentadora, muito atenta na alta das polêmicas envolvendo figuras públicas e influenciadores, interrompeu suas férias e foi aos stories do Instagram preparada com um processo formalizado por advogados, encaminhado a Pétala.

Aa esta altura, a influenciadora já estava abraçada por internautas, mulheres e ativistas, além de boa parte da classe artística, de olho no desenrolar da história.

No ócio da empolgante viagem, Lívia preparou seus seguidores para o que viria adiante. E decepcionou meio mundo ao proferir insultos à jovem, gratuitamente.

Chamando-a ironicamente de “florzinha”, Lívia Andrade abusou da boa vontade do público e compartilhou uma sequência de longos stories na rede, onde alegou desrespeito e envolvimento em uma sujeira.

Lívia repudiou a postura de Pétala e também induziu seu público a posicionar-se contra ela, uma vítima dos mais diversos tipos de violência desde os 14 anos, algumas comprovadas em vídeos publicados na internet. Mas deu tudo errado!

Sem apoio de artistas, Lívia Andrade, que sempre se mostrou uma mulher empoderada, recebeu uma avalanche de duras criticas após o posicionamento controverso.

Mesmo diante da rejeição na internet, a apresentadora prosseguiu com mais discursos de defesa. Mas na verdade, ao que pareceu, era mais uma falta do que fazer. “Quis me usar para ter visibilidade“, disse ela ao jornal O Dia.

Ao mesmo tempo que Pétala Barreiros viu seu número de seguidores saltar para mais de 1,2 milhão. Do outro lado, Lívia não recebia nem curtidas de amigos famosos. Talvez Lívia Andrade se arrependa no futuro, ou depois que se informar sobre estatísticas do Brasil sobre violência contra a mulher.

No levantamento feito pelo Monitor da Violência (parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública), em 2020, houve um crescimento de 2% nos homicídios de mulheres e uma leve alta de 1% nos feminicídios.

Para fortalecer seu discurso inconsequente, Lívia ainda encheu a boca para trazer o passado infeliz da moça, baseando-se em pesquisas no Google e no livro “A história de uma adolescente silenciada”; com relatos estarrecedores sobre uma menor abandonada, que no caso, é a própria Pétala.

Cabe informar que, mesmo com queda em relação a 2019, os números registrados de violência doméstica são altos e cresceram durante a pandemia.

O levantamento recente do portal de notícias G1, aponta que, mesmo com menos registros, o número de mulheres vítimas de estupros e de agressões em casa é espantosamente alto. Foram 119.546 registros de lesão corporal em contexto de violência doméstica no primeiro semestre deste ano.

A queda em relação ao mesmo período do ano passado é de 11%, mas ainda são, em média, 664 mulheres agredidas por seus companheiros dentro de casa por dia.

Em tempo, talvez Lívia Andrade ainda não tenha se dado conta das consequências que isso pode lhe trazer a médio longo prazo. É como dizem na internet: “o print é eterno”. Lívia, como citado na primeira linha deste texto, é uma das figuras mais carismáticas lançadas pelo SBT depois de muitos anos.

Sempre alto astral, tratou de converter a imagem de “mais uma” na TV, para uma prestigiada e respeitada profissional. Mas é preciso muito mais cautela quando se está na posição em que está.

Com um futuro indiscutivelmente ainda mais brilhante pela frente, Lívia precisa se desprender do lado “mulher polêmica” para poder voar ainda mais alto. Redimir-se diante dos atuais equívocos seria glorioso para reverter esse episódio desagradável da sua carreira.

Em tempo, ficam registrados aqui os dados de violência contra a mulher, de 2020:

  • o Brasil teve 1.890 homicídios dolosos de mulheres no primeiro semestre de 2020 (uma alta de 2% em relação ao mesmo período de 2019)
  • do total, 631 foram feminicídios, número também maior que o registrado no primeiro semestre do ano passado
  • 14 estados tiveram alta no número de homicídios de mulheres
  • 11 estados contabilizaram mais vítimas de feminicídios de um ano para o outro
  • Rondônia é o estado com a maior alta (255%) e o maior índice de homicídios de mulheres: 4,4 a cada 100 mil
  • Acre é o estado com a maior alta (167%) e a maior taxa de feminicídios: 1,8 a cada 100 mil
  • o país teve 119.546 casos de lesão corporal dolosa em decorrência de violência doméstica (11% a menos que no primeiro semestre de 2019)
  • houve o registro de 9.310 estupros (uma redução de 21% em um ano)
  • foram 13.379 estupros de vulnerável (uma queda de 20% no indicador de um ano para o outro)
  • o Pará tem a maior alta de casos de lesão corporal (46%) e o Mato Grosso, a maior taxa (259 a cada 100 mil)
  • Rondônia é o único estado do país com alta no número de estupros.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio