Faz sentido continuar insistindo no Domingo Legal?

Publicado há 4 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último domingo (02), o Domingo Legal, de Celso Portiolli, lançou um novo quadro, o Arquibancada do Riso. A nova atração traz, basicamente, humoristas diversos contando piadas. Embora tenha sido tratado como novidade, o quadro não é novo, e o próprio programa já havia lançado mão desta ideia tempos atrás. E não modificou os resultados parcos de audiência da atração.

Enquanto isso, correram notícias de que parte da equipe do Domingo Legal foi demitida. Segundo o SBT, as dispensas ocorreram em função do fim do Sabadão, produzido pela mesma turma do dominical. Até faz sentido, mas se lembrarmos do desabafo público de Celso Portiolli reclamando que falta equipe e tempo ao seu programa, ainda antes da estreia do Sabadão, podemos concluir que o pessoal dispensado fará falta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A audiência também não anda lá essas coisas, até porque o concorrente direto, Domingo Show da Record, já está embalado quando o Domingo Legal entra no ar, às 13h. Por tudo isso, fica a pergunta: faz sentido continuar com a atração? Quando o SBT anunciou a extinção do Domingo Legal para que Celso Portiolli assumisse os sábados no lugar de Raul Gil, parecia uma ideia boa, pois seria a oportunidade de aproveitar o talento de Celso em algo novo, ao mesmo tempo em que se extinguiria um programa que há anos sofre com crises de identidade e audiência. No entanto, o SBT optou por manter o Programa Raul Gil e o Domingo Legal ganhou sobrevida.

No atual cenário dominical, o programa de Celso Portiolli seguirá em desvantagem em relação à atração de Geraldo Luís. Sendo assim, não seria má ideia desistir de vez do Domingo Legal e aproveitar Celso num novo projeto no mesmo horário, das 13h às 15h. E, desta vez, num projeto realmente pensado para Celso e formatado de acordo com este horário. Poderiam, de repente, aproveitar as tais ideias que seriam utilizadas no programa de sábado, que não aconteceu. Ou, ainda, promover o retorno do Curtindo Uma Viagem, principal sucesso da carreira de Celso, e que tudo a ver com o horário. É algo a se pensar.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio