Famílias Frente a Frente: Tiago Abravanel estreia no SBT em programa errado

Publicado há um ano
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Novidade desta sexta-feira (11) do SBT, Famílias Frente a Frente marca a estreia de Tiago Abravanel como apresentador da emissora. O jovem se junta às tias Silvia, Rebeca e Patrícia, e ao avô, Silvio Santos, como comunicador do canal. E mostrou jogo de cintura na nova função. Porém, Famílias Frente a Frente não parece o programa mais adequado para Tiago debutar na função.

Isso porque Famílias Frente a Frente é mais um reality show que tem a culinária como mote. Um filão que vai ficando cada dia mais desgastado. Enquanto a Globo acaba de se render ao formato, com a recente estreia de Mestre do Sabor, o SBT já nada de braçadas no segmento. Afinal, o canal de Silvio Santos já exibiu programas como Cozinha Sob Pressão, BBQ Brasil, Duelo de Mães, Minha Mulher que Manda… além, claro, do Bake Off Brasil, o mais bem-sucedido desta galeria. Haja cozinha!

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sendo assim, parece um desperdício Tiago Abravanel estrear na emissora do avô num formato tão batido. De todos os herdeiros de Silvio Santos, é Tiago quem ostenta melhor preparo como comunicador. É articulado, tem repertório, muito carisma e presença cênica. Por isso, o apresentador merecia um programa que explorasse todas estas qualidades. Sabe-se que o formato foi uma escolha dele. Porém, não foi uma escolha muito feliz.

O diferencial de Famílias Frente a Frente

Famílias Frente a Frente, ao menos, explora a culinária sob um viés diferente. Enquanto seus similares são focados na alta gastronomia, FFF dá protagonismo à comida caseira. Na atração, diferentes famílias têm suas habilidades culinárias colocadas à prova. Seus pratos são julgados por Alê Costa, Dona Carmem Virgínia e Gilda Bley.

Por conta disso, o programa surfa na onda da culinária na TV, mas resgata a boa e velha disputa familiar já tão explorada em inúmeros programas de auditório. Sendo assim, FFF tem seus atrativos. Mas o excesso de programas na cozinha começa a cansar. É tempo de cautela e caldo de galinha.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais