Eta, problemão! Substituta de Por Amor no Vale a Pena Ver de Novo gera expectativa

Publicado há um ano
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Faltam cerca de 30 capítulos originais para o fim de Por Amor, já em sua segunda reprise no Vale a Pena Ver de Novo. E as redes sociais apresentam todos os dias especulações e expectativa em torno de que novela substituirá a obra de Manoel Carlos nas tardes da Rede Globo. Consta que Eta Mundo Bom! (2016), de Walcyr Carrasco, autor de A Dona do Pedaço, será a substituta de Por Amor, com estreia em 30 de setembro. No entanto, até o momento não houve a confirmação da parte da emissora.

Escolher a substituta de Por Amor é mais difícil do que parece

Maior audiência do horário das 18h na década, com média geral de 27,1 pontos, Eta Mundo Bom! não seria em princípio uma escolha estapafúrdia para o Vale a Pena Ver de Novo, como substituta de Por Amor. Todavia, já faz alguns anos que a Globo tem reprisado novelas que tiveram sua exibição original há 10 anos ou mais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na maior parte de sua trajetória o Vale a Pena Ver de Novo consistiu em reprisar novelas bem recentes. Com casos exagerados como o retorno de Top Model (1989/90) apenas oito meses depois do término à noite. No entanto, há vários anos os espectadores da sessão têm sido brindados com produções mais antigas. De janeiro de 2011, quando ocorreu a reestreia de O Clone (2001/02), até Por Amor (1997/98), que começou em abril de 2019, foram reprisadas 17 novelas. Dessas, apenas três tinham seis anos da apresentação original ou menos: Caras & Bocas (2009/10), no ar novamente em 2014; Caminho das Índias (2009), que voltou em 2015; e Cheias de Charme (2012), cujo repeteco foi ao ar em 2016.

Quase uma década inteira de novelas “velhinhas”

Numa posição “intermediária”, digamos assim, estiveram O Profeta (2006/07), reprisada em 2013; Cordel Encantado (2011), reexibida em 2019; e Cobras & Lagartos (2006), reprisada em 2014. Ademais, Chocolate Com Pimenta (2003/04) e Da Cor do Pecado (2004) voltaram a dar o ar da graça em 2012. Mesmo já tendo sido reprisadas, entre 2006 e 2007. Todas as outras nove novelas apresentadas no Vale a Pena Ver de Novo entre 2011 e 2019 tinham 10 anos ou mais de “idade”. Contamos aqui O Clone, que só completou 10 anos de estreia em outubro de 2011. Mas teve uma reprise no mesmo ano, entre janeiro e setembro. Com toda a certeza, não foi uma época de produções recentes como o público da sessão se habituou a ver desde 1980, com raras exceções.

“Trilogia” do autor no ar ao mesmo tempo pode atrapalhar ao invés de colaborar

Sucesso e qualidade à parte, Eta Mundo Bom! se revela uma escolha no mínimo discutível, diante do panorama acima. Isto é, caso sua reprise em substituição a Por Amor se confirme. Apesar de cartazes vespertinos serem de autores de novelas no ar à noite não configurar situação inédita, seria ao menos de bom tom esperar que uma das outras duas novelas de Walcyr Carrasco no ar (A Dona do Pedaço e O Cravo e a Rosa, esta no Viva) terminasse, o que ocorrerá entre novembro e dezembro.

Mais ainda, diante de tantas novelas mais antigas do que Eta Mundo Bom! com reprises exibidas nos últimos anos pela Globo, e com o público do horário aprovando as opções de modo geral, não seria o caso de seguir investindo numa distância maior entre exibição inicial e reprise?

A questão aqui não é saudosismo, tampouco rejeição às histórias recentes. Mesmo porque, com toda a certeza, não é a idade que legitima uma novela como boa ou ruim. Trata-se apenas de um questionamento em torno de certa coerência que poderia ser levada adiante na escolha do cartaz para o Vale a Pena Ver de Novo, a partir do momento em que uma novela de 22 anos, em sua quinta exibição no total, alcança os expressivos números de audiência que tem alcançado. De modo que, até pelo seu sucesso, Eta Mundo Bom! não é uma escolha inadequada para a faixa para todo o sempre, mas hoje, sim.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total
responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais