Elenco adulto de Malhação tem grandes atores com ótimos personagens

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Havia uma “lenda” na televisão brasileira de que atores veteranos consagrados não gostavam de atuar em Malhação. E que uma escalação para a “novelinha” seria uma espécie de rebaixamento. Não se sabe ao certo porque esta impressão sempre foi tão forte, sendo que existem inúmeros exemplos de que, na prática, isso não se aplica. Atores como Lília Cabral, Letícia Spiller, Tato Gabus Mendes, Odilon Wagner, Marcello Novaes, Maitê Proença, entre tantos outros, já defenderam as cores da obra quando já estavam consagrados, e ainda seguem na ativa em outras produções.

Na temporada mais recente, Pro Dia Nascer Feliz, a trama reuniu nomes como Deborah Secco, Thiago Fragoso e Marcos Pasquim, todos atores com status de protagonistas na emissora. Agora, em Malhação: Viva a Diferença, o time está ainda mais forte. A atração traz nomes como Lúcio Mauro Filho, Malu Galli, Marcello Antony e Ângelo Antonio, todos estrelas da casa e que trazem bons serviços no currículo. E traz ainda Mouhamed Harfouch e Daniela Galli, excelentes atores, que (ainda) não têm o status de seus colegas, mas são igualmente ótimos em seus trabalhos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com um time destes, é essencial que haja um bom material de trabalho. E o elenco adulto de Malhação: Viva a Diferença está muito bem servido neste sentido. Como Malhação é um programa para jovens, e os protagonistas são atores jovens, já aconteceu de, em algumas temporadas, que o elenco mais “velho” aparecesse como coadjuvante sem muitos conflitos. São apenas os pais e os professores dos jovens. Na atual temporada, assinada por Cao Hamburger, isso não acontece. Eles ainda são pais e professores, mas têm ótimos conflitos.

O “troca-troca” de casais envolvendo Marta (Malu Galli), Edgar (Marcello Antony), Luís (Ângelo Antonio) e Malu (Daniela Galli) vem sendo muito bem armado desde a estreia. Quando Marta descobriu que seu marido, Edgar, tinha um caso de anos com sua melhor amiga Malu, desencadeou-se toda uma gama de emoções, e que atingiu em cheio Lica (Manoela Aliperti), uma das protagonistas da história, filha do casal. Depois, a aproximação entre Malu e Luís rendeu novas emoções, além de aproximar, novamente, Malu Galli e Ângelo Antonio, que foram par também em A Vida da Gente e Sete Vidas.

Marcello Antony, há anos sem um bom personagem, está muito bem como Edgar. Lúcio Mauro Filho, tão marcado como o Tuco de A Grande Família, convence como o pai jovem, Roney, que já é avô. Sua relação com a filha Keyla (Gabriela Medvedovski) é muito bonita. Ou seja, o autor Cao Hamburger e o diretor Paulo Silvestrini foram muito felizes com a escalação do elenco. E este grupo de atores retribuiu com ótimos desempenhos.

Elvira volta da “morte” ainda melhor em Novo Mundo

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio