Duelo de Mães poderia ser um quadro e não um programa

Publicado há 4 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa Duelo de Mães estreou no SBT na noite deste sábado, (22). Sob o comando de Ticiane Villas Boas, o reality culinário cujo formato é original e criado pela própria apresentadora, vai na onda dos demais realities culinários que são sucesso no Brasil como o Masterchef, Hells Kitchen, Bake Off entre outros. A competição consiste num desafio entre as mães de duas celebridades mostrando suas habilidades na cozinha na primeira prova preparando o prato do qual têm mais costume de fazer, e na segunda prova preparando uma receita escolhida pela produção, onde as famílias das participantes dão a nota aos pratos num teste cego, sem saber qual mãe fez o quê.

A intenção da emissora é clara para não deixar morrer um formato que tem sido sucesso não só na TV aberta, como nos canais a cabo. Ticiana Villas Boas está bem como apresentadora da atração que exige mais tempo de tela das participantes do que da própria, embora o jogo de cintura dela seja altamente necessário não apenas para encantar o público mas para amenizar o desconforto das mães não acostumadas a como agir num programa de televisão. O episódio de estréia mostrou a competição entre Celice, mãe da cantora Taís, vocalista da Banda Vingadora, fato contornado pela edição do programa que exibiu cada expressão das duas como exemplificação de nervosismo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa é visualmente bonito, colorido e ágil, porém ele parece deslocado na grade, com apenas 30 minutos de duração e num horário que é facilmente engolido pelo SBT Brasil. Em parceria com o Discovery Home and Health, o tempo de duração do Duelo de Mães facilita sua comercialização para canais fechados e para o mercado internacional, e isso pesa na decisão de fazer dele um programa solo quando ele poderia ser somente um quadro dentro de algum outro programa maior como Eliana ou Domingo Legal.

Se a tentativa era fazer um reality culinário cujos pratos falasse a língua do público brasileiro e do que ele consome no dia a dia (diferente dos pratos requintados do Master Chef), o Duelo de Mães conseguiu, faltou apenas exibir na tela as receitas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio