Com Tadeu Schmidt à frente, BBB deve voltar às origens

O novo apresentador não tem tanta presença na internet quanto antecessor

Publicado em 11/10/2021 20:27
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Oficializado como novo apresentador do BBB, Tadeu Schmidt deve mudar a cara do reality show. O apresentador do Fantástico repetirá a trajetória de Pedro Bial, o primeiro apresentador do programa, ao deixar a revista dominical para se aventurar na “nave louca” já tradicional da Globo.

Há 20 anos, a escolha de Pedro Bial para comandar a primeira edição do Big Brother Brasil causou certa estranheza. Afinal, o BBB estreava com um selo de programa popularesco. Pior: parecia cópia de uma atração do SBT, que havia exibido a lendária primeira edição de Casa dos Artistas pouco tempo antes. Assim, colocar ali um jornalista que tinha no currículo grandes e importantes reportagens parecia esquisito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Inicialmente sisudo, Pedro Bial foi se soltando na função com os anos, tornando-se um animador versátil diante das aventuras protagonizadas pelos participantes do BBB. Revelou-se um showman, ao mesmo tempo em que emprestou sua credibilidade à atração. Como um “Chacrinha pós-moderno”, Bial agradava, sobretudo, ao público médio da TV. As donas de casa, por exemplo, sempre o aprovaram.

Já Tiago Leifert, ao assumir a função, agregou ao BBB um público mais jovem. Mais antenado às redes sociais, o jornalista levou o debate da atração à internet, provocando um maior engajamento do público ao reality show. Sobretudo nos últimos anos, isso fez muita diferença sobre como o programa passou a ser consumido pelo público.

Agora é a vez de Tadeu Schmidt. O novo apresentador não causa tanta estranheza quanto Bial, já que o atual contexto o favorece. O caminho de jornalistas que trocam o jornalismo pelo entretenimento está pavimentado por vários profissionais que já o percorreram nos últimos anos. Além disso, Tadeu já tem um estilo mais descontraído do que Bial tinha.

Ainda assim, ele tem mais a ver com o primeiro do que o segundo apresentador do BBB. Tadeu, assim como Bial, tem uma imagem mais familiar, que fala ao público médio. Não tem tanta identificação com a audiência juvenil, como Tiago tinha. Por isso, sua chegada ao BBB pode significar um retorno às origens.

A emissora poderia ter optado por alguém com um perfil próximo de Leifert, como Marcos Mion, mas preferiu um profissional que tem a experiência em televisão e coberturas ao vivo como maior trunfo, e não seguidores ou afinidades com as redes sociais. Isso já é um sinal sobre o que a emissora espera para a nova temporada do reality show.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio