Com dois Camarotes no pódio, Globo minimizou o cancelamento dos famosos do BBB 21

Camilla de Lucas e Fiuk livraram a emissora do fardo de ser rotulada pela alta rejeição de famosos no seu reality show

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Camila e Fiuk estarem na grande final, independentemente do resultado, já foi um grande trunfo para a TV Globo poder fugir do estigma de cancelamento de famosos deste BBB 21. Analisando por esse aspecto, o engajamento da torcida gigante da participante Juliette até ajudou a emissora, ao votar em massa para garantir a saída do participante Gil na semifinal do programa.

A Globo parece mesmo ter ficado muito chateada com a saída antecipada do popular Gil do Vigor, mas compensou essa perda com uma merecida megaexposição dele nos programas da casa. Porém, o fato de ter menos um participante do grupo Pipoca no pódio facilitou muito a vida da direção do programa junto aos artistas e celebridades da internet, justificando a atual estratégia de levar pessoas já conhecidas do público para o reality show, os chamados participantes do grupo Camarote.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dois participantes do time Camarote terem ido ao pódio final livra a emissora do fardo que seria não levar ao auge do programa celebridades que ela mesma havia pinçado para ter mais sucesso no BBB 21. E o doutorando em Economia Gilberto Nogueira, com seu carisma e popularidade, certamente já garantiu uma carreira de sucesso do lado de fora mesmo com sua quarta colocação.  

As circunstâncias de saída de Nego Di, Karol Conká, Carla Diaz, Projota, Rodolffo, Viih Tube e Pocah, todos eliminados em paredões, em alguns casos com altíssimos índices de rejeição (Nego Di, Karol e Viih Tube, especialmente), além de poder afastar celebridades de futuros programas por medo de cancelamento, também poderia deixar o programa e a TV Globo com a mancha de ser pé-frio para quem já tem alguma carreira de sucesso fora da casa.

Karol Conká precisou ganhar uma série documental no Globoplay, numa tentativa de explicar sua trajetória desastrada dentro do programa e poder retomar a carreira. Também vale lembrar do caso da tumultuada desistência logo no início de Lucas Penteado, ator que já trabalhou em produção da emissora.  

Assim como tinha acontecido com o carismático participante Babu Santana, que também ficou em quarto lugar deixando no pódio as ‘camarotes’ Rafa Kalimann e Manu Gavassino BBB20, desta vez a saída antecipada de Gil do Vigor – com votação turbinada pelos fãs da participante Juliette, a grande favorita das redes sociais, com seus milhões de seguidores – também garantiu que o programa não seja rotulado como cancelador de carreiras, mas sim como o alavancador que sempre foi.

Camilla de Lucas, que já tinha uma legião de fãs por sua atuação na rede social Tik Tok, ganhou muito com essa participação. Com uma passagem discreta pelo programa, marcado por alguns momentos de destaque e muita conciliação ao longo dos cem dias, ela sai muito mais conhecida do que entrou.

E o que dizer então do outro ‘camarote’, Fiuk? O ator, que já foi contratado da casa, desfrutou da vantagem de estar no ar durante a exibição do reality show também com a reprise de A Força do Querer, seu último grande papel nas novelas.

O cantor e ator galã sai com um resultado positivo de engajamento, cresceu em seguidores e fãs, além de colocar em voga outros membros de sua família constantemente lembrados, como o pai, Fábio Jr., e a irmã Cléo Pires. Independentemente do vencedor desta edição, foi um ganha-ganha para a grande maioria.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de sua autora e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio