Chaves nas tardes do SBT novamente: um claro sinal de incômodo

Publicado há 3 anos
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após renegar por meses a exibição de Chaves apenas a horários como 6h de sábado e 9h de domingo, o SBT trouxe de volta a série a suas tardes. Agora, de segunda a sexta-feira das 14h15min às 15h Chaves está no ar. Para a alegria dos fãs, que clamam por exibições regulares e que valorizem o programa.

Mas não se trata de ato de “bondade” do SBT, claro. Além de servir para impulsionar a grade, significa que não apenas o Multishow dá ao programa o valor que merece. É uma reação à repercussão positiva da iniciativa do canal pago da Globosat de exibir tanto Chaves quanto Chapolin sem cortes, na íntegra e na ordem cronológica dos episódios. Uma reivindicação antiga dos fãs ao SBT, que nunca foi atendida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Multishow acerta ao atender fãs nas exibições de Chaves e Chapolin

Chaves voltou, mas nada de Chapolin no SBT por enquanto

O horário principal do Multishow, 23h, atende a um público que cresceu vendo as criações de Roberto Gomez Bolaños. O SBT serve a uma audiência de idades variadas que não possui TV paga ou não pode ver tarde da noite. Essa volta da série é uma clara reação à aquisição pelo Multishow, lógico. Mas Chapolin segue ausente da tela do SBT. O Polegar Vermelho, inclusive, fica anos a fio sem dar as caras na antiga TVS. A última vez foi em 2017.

Marca indiscutível da história da emissora de Silvio Santos, Chaves já chegou a ser exibido em horário nobre. E teve especiais produzidos com o elenco da casa quando completou 30 anos no ar no Brasil, em 2014. Mas mesmo com a fidelidade da audiência a série padece da reprise exaustiva de uma mesma seleção de episódios. E do desrespeito total à cronologia, à íntegra das histórias e à regularidade de exibição.

Parte do elenco do especial produzido pelo SBT em homenagem a Chaves (Divulgação)

Veja também: Multishow promete exibir mais de 100 episódios inéditos no Brasil de Chaves e Chapolin

Bom Dia e Companhia: com esse nome, programa atualmente vai até depois do almoço

Cabe uma crítica ao SBT, que deixa no ar das 10h30 às 14h15min um programa intitulado Bom Dia e Companhia. Primeiro, porque às 10h30 boa parte das crianças não só já acordou como está na escola ou em outras atividades. Segundo, porque como se não bastasse a atração vai tarde adentro. Antes da volta de Chaves aos dias úteis, terminava às 15h, entregando para o Fofocalizando. Não faz sentido, embora eventualmente no âmbito comercial da coisa haja algum.

Por que não chamar a parte vespertina de Festolândia, por exemplo, título também velho conhecido do público da emissora? Lembrando que das 8h30 às 10h30 o bloco infantil leva o nome de Mundo Disney. Ou ainda, por que não voltar a apresentar a fórmula de sucesso com enlatados no início da tarde? Eu, a Patroa e as Crianças, Três É Demais, Um Maluco no Pedaço… Opções não faltam. O SBT é quase um “Viva aberto”, tem público cativo e pode perfeitamente recorrer a atrações clássicas para atingir audiência. Basta saber escolher.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio