Atriz luso-brasileira, Joana de Verona é destaque em duas emissoras

Publicado há um ano
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde julho, a Band exibe em horário nobre a novela portuguesa Ouro Verde, de Maria João Costa. A mocinha da história é Beatriz, cujo pai Miguel (Luís Esparteiro) é o responsável por todo o infortúnio na vida de seu grande amor, José Maria (Diogo Morgado). A produção é de 2017, a saber. Nascida no Maranhão, Joana foi para Portugal com seus pais, naturais daquele país, com menos de um ano de idade. Já crescida, voltou ao Brasil por alguns anos, mas estabeleceu-se em Portugal, onde já participou de dezenas de trabalhos na televisão e no cinema. Atualmente, a atriz interpreta Adelaide na versão da Globo para Éramos Seis, com texto de Ângela Chaves. Só para ilustrar, no SBT (em 1994) o papel foi de Bete Coelho e na Tupi (em 1977) coube a Carmen Monegal. Filha da rica Emília (Susana Vieira), Adelaide passou a maior parte da vida na Europa, afastada do Brasil, especialmente para que ficasse longe da irmã Justina (Júlia Stockler), que sofre com problemas psicológicos sérios. A jovem guarda mágoa dessa ausência prolongada. No entanto, a Europa fez bem a Adelaide, que ao retornar a São Paulo trouxe consigo hábitos e conceitos próprios das jovens do Velho Mundo, bastante modernos para a realidade da época (anos 1930). Joana surge muito bem nos dois trabalhos, personagens bastante distintas entre si, personalidades opostas que proporcionam à atriz a oportunidade de ser vista ao mesmo tempo numa dose dupla de talento. Seguramente ela ainda dará muito o que falar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio