Ao substituir Eliana, Patrícia Abravanel encara maior desafio de sua carreira

Publicado em 01/06/2017

A apresentadora Eliana já está afastada das gravações do programa que leva o seu nome nas tardes de domingo do SBT. E, enquanto repousa por ordens médicas, Patrícia Abravanel foi incumbida da missão de substituí-la. A filha de Silvio Santos já havia apresentado o programa Eliana na primeira licença-maternidade da titular, mas, naquele período, ela participou de um rodízio, comandando o programa junto com outros apresentadores da emissora. Agora, surgirá sozinha no palco.

Sem dúvidas, trata-se do maior desafio de Patrícia Abravanel desde que se tornou apresentadora do canal do pai. Ela já esteve à frente de quadros do Programa Silvio Santos, do Festival SBT 30 Anos, do Cante se Puder, do Roda a Roda e, desde 2013, comanda o Máquina da Fama, programa que ocupa as noites de segunda-feira do SBT e é bom de Ibope. Ela também foi cotada e chegou a gravar pilotos de um novo projeto para as noites de sábado, chamado de Sábado à Noite com Patrícia Abravanel, mas que acabou engavetado.

Todas estas experiências, sem dúvidas, a colocaram em seu atual status de estrela do SBT. Patrícia tem seus fãs, é querida pelas fãs do pai e tocou direito praticamente todos os trabalhos nos quais se envolveu na emissora. Entretanto, Patrícia nunca foi vista num programa de variedades, tendo que comandar diferentes tipos de quadros e atrações, como é o Eliana. No Máquina da Fama ela vai bem, mas, convenhamos, o formato não exige muito dela. Patrícia conversa com os candidatos a covers, com seus convidados, e só. A grande atração do Máquina da Fama são as performances dos participantes, e a presença de Patrícia é bastante burocrática.

Patrícia é carismática, aprendeu a conversar com a câmera e é bastante correta. Mas ainda não tem a tarimba e a experiência de Eliana, que toca sua atração com muita destreza. Ou seja, a nova missão de Patrícia funcionará como uma “prova de fogo”, na qual era poderá mostrar se já está pronta para fazer qualquer coisa, como disse Silvio Santos em entrevista recente. Sem dúvidas, todos os holofotes estarão virados para ela, já que, além de substituir uma apresentadora experiente, ela vai ocupar as tardes de domingo, um território que foi de seu pai por anos e anos. Não deixa de ser emblemático.

Leia também:

Com Jeiza salvando Ritinha, A Força do Querer mostra que é uma novela de mulheres

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.