A Força do Querer chega ao centésimo capítulo em semana decisiva

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi uma semana e tanto em A Força do Querer. A novela de Gloria Perez chegou ao capítulo 100 nesta quinta-feira (27), e a novela ofereceu uma semana intensa, com acontecimentos em alta voltagem, prendendo o espectador.

Logo no começo da semana, a sequência envolvendo a surra de Ritinha (Isis Valverde) e Joyce (Maria Fernanda Cândido) em Irene (Débora Falabella) esquentou toda a história que envolve a principal vilã da novela. A golpista finalmente conseguiu separar Eugênio (Dan Stulbach) da esposa, e o “troco” de Joyce e sua nora era bastante esperado pela audiência. A sequência, embora tenha feito sucesso, foi bastante questionável. Afinal, uma novela centrada em mulheres donas de si não deveria mostrar mulheres saindo no braço por causa de homem. Ritinha não é nenhum exemplo de conduta para bater na amante do sogro. E Joyce acabou culpando a amante de seu marido, e não o próprio marido, pela traição. Muito esquisito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já o drama de Ivana (Carol Duarte) chegou ao ápice em sequências que emocionaram pela sensibilidade do texto e pelo excelente trabalho da atriz. Nesta semana, a moça teve sua primeira experiência sexual com Claudio (Gabriel Stauffer) esperando que aquilo a fizesse, finalmente, viver em paz com seu corpo. No entanto, a jovem seguiu confusa, terminou com o namorado e chegou ao auge de seu conflito interno. Agora, começa a perceber que pode ser um transexual. Gloria Perez acertou em cheio nesta abordagem, e tem conseguido explicar ao grande público o que é, de fato, a transexualidade.

Enquanto isso, outras tramas da história também tiveram momentos de impacto. Silvana (Lília Cabral) finalmente ganhou algo no jogo e conseguiu, mais uma vez, driblar o marido Eurico (Humberto Martins). O drama de Silvana também vem sendo mostrado de maneira interessante, pois suas sequências sempre envolviam o espectador pelo humor, mas, aos poucos, a graça foi dando lugar à melancolia e tristeza. Daqui para a frente deve vir a culpa. Lília Cabral está estupenda. Já a história de Bibi (Juliana Paes) também avança, com ela cada vez mais envolvida no universo do crime do marido Rubinho (Emílio Dantas). A cena do aniversário de seu filho, em que nenhum convidado vai à festa, foi emocionante.

A Força do Querer avança para ser uma das melhores novelas das nove dos últimos anos, e um dos melhores trabalhos da carreira da tarimbada Gloria Perez. Um texto sensível, boa abordagem, um desenvolvimento que não é apressado, mas que também não entedia, enfim… São muitas as qualidades da obra.

A Força do Querer: Cena em que Ivana conhece Tereza Brant repercute na web

Ao enxugar Cidade Alerta, Record repete estratégia de 2004

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio