Publicidade

Além de sexo e gemidos intensos, o que seduz o público em Soltos em Floripa?

Programa fisga público que não deu atenção à plataforma ainda

Soltos em Floripa da Amazon Prime Video
Publicidade

O reality show Soltos em Floripa estreou recentemente na plataforma de streaming Amazon Prime Vídeo. A produção, totalmente brasileira, se tornou assunto nas redes sociais, logo nos dois primeiros episódios. Os tuiteiros estavam em polvorosa para ver o que os participantes aprontariam.

De cara, o programa apresenta diversos ingredientes para conseguir o que o telespectador mais deseja: barraco, drama e romance/sexo. Com um elenco repleto de pessoas dispostas a tudo para ter diversão e fama, não faltou muito para que a primeira cena sensual entre dois participantes fosse mostrada.

Beatriz e Luan se beijaram intensamente e momentos depois já estavam transando no boxe do banheiro. Os gemidos, altos, impressionaram os demais participantes, mas pode ter sido extremamente constrangedor para quem não esperava tanta explicitude da intensidade do ato. 

Continua depois da publicidade
Elenco de comentaristas do reality show Soltos em Floripa (Divulgação)

Essa não foi a única cena de transa. Os dois voltaram a ter relações na cama, assim como Tayanara e Murilo, que engataram um breve e estranho romance. As cenas são um prato cheio para quem gosta de um conteúdo mais sensual, mas sem pênis e vaginas em close na tela. 

Qual é a proposta de Soltos em Floripa ao seduzir o espectador?

No entanto, após tamanha apelação, a pergunta que fica é: qual é a proposta de Soltos em Floripa ao te seduzir? A resposta: nada além de entreter uma massa emburrecida que necessita não se esforçar para compreender qualquer conteúdo na televisão.

Com efeito, a combinação praticamente infalível, com pessoas consideradas socialmente sensuais, festas, bebidas, cenário paradisíaco e sexo, resulta em um programa realizado para repercutir, atrair uma audiência rotativa, jovem, consumidora e, sobretudo, encher os cofres da empresa. Por isso, nomes como Pabllo Vittar e Boca Rosa fazem parte do elenco de comentaristas da atração. 

De maneira que a pergunta mais interessante pode ser: o que a Amazon Prime Video ganha ao te seduzir? Aparentemente, Soltos em Floripa serve para fisgar o público brasileiro que ainda não deu muita atenção para a plataforma. 

As produções nacionais no canal não repercutem tanto quando as da concorrente e líder de mercado Netflix. As grandes produções estrangeiras, filmes e séries, também não são populares entre os consumidores de conteúdos on demand no Brasil.

A ideia da Amazon Prime Video não é ruim. Afinal, a maneira como Soltos em Floripa está disponível é, claramente, parte de uma estratégia já muito utilizada por outras empresas para fidelizar. Os episódios são semanais, e alguns deles focados apenas nos comentaristas.

Além disso, há toda a publicidade externa para que o consumidor assine e assista ao reality show mais bombado na atualidade, depois do Big Brother Brasil

Para concluir, tudo indica que a Amazon Prime Video está sendo bem sucedida em chamar a atenção e garantir o crescimento da sua base de assinantes. Mas vai ser mais interessante ainda observar como ela vai garantir que o telespectador tão vazio quanto seu Soltos em Floripa se interesse por suas grandiosas e complexas produções. Detalhe, nenhuma brasileira, ainda.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade