SBT Notícias ameaçado? Seria mais um retrocesso do SBT

Publicado há 3 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por estes dias, circulou a notícia de que Silvio Santos estaria disposto a acabar com o SBT Notícias, noticioso que ocupa toda a madrugada de sua emissora. Criado por ele mesmo e lançados às pressas no final do ano passado, o jornal não decepciona no Ibope. Um dos sinais do acerto da medida é o fato de a Globo, recentemente, ter lançado uma faixa de reprises do Globo Repórter na madrugada, ampliando sua programação jornalística que já começa cedo, às 5h.

Não que o SBT Notícias seja um achado de jornal, muito pelo contrário. Dividido em módulos, cada um apresentado por um âncora diferente, o noticioso ocupa suas longas horas com reprises de matérias e material feito por afiliadas e para os outros jornais da emissora. Não há muito investimento em recursos próprios e nem a preocupação em dar uma identidade própria ao jornal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo assim, SBT Notícias se tornou uma boa opção para aqueles que acordam muito cedo, ou aqueles que trabalham à noite e têm na televisão uma companhia. Além, claro, dos insones, que ficam sem opções nesta faixa de horário. O jornal, então, serve como uma fonte de informação e distração para o espectador da madrugada. Por isso mesmo, sua audiência sempre foi satisfatória, já que SBT Notícias não tem concorrente e oferece conteúdo a quem assiste.

Além disso, SBT Notícias ainda teve o trunfo de revelar alguns novos e promissores apresentadores para o jornalismo da emissora, como Cassius Zeilmann e João Fernandes. Eles se juntam às ótimas Karyn Bravo e Analice Nicolau, agregando valor e simpatia à apresentação do jornal.

Por isso mesmo, o SBT, leia-se Silvio Santos, não deveria cogitar acabar com o jornal. Segundo vários sites de notícias, SBT Notícias estaria ameaçado de extinção como uma medida de contenção de despesas. Sendo assim, melhor corte seria o do Primeiro Impacto, que conta com conteúdo duvidoso e apresentadores sem nenhum apelo comercial. Não faria sentido nenhum cortar um bom jornal para diminuir despesas, enquanto um jornal ruim e pouco rentável se mantém no ar.

Record acerta com reprise de Ribeirão do Tempo

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio