Especial

50 Anos de Chaves: confira a passagem dos atores no Brasil

Vamos relembrar as visitas dos atores do Chaves, que vieram ao Brasil para receber o carinho dos fãs brasileiros

Publicado em 20/06/2022

Nesse mês, estamos celebrando 5 décadas do seriado Chaves, vamos fazer uma viagem no tempo e relembrar vários momentos marcantes dos atores que estiveram no Brasil em várias épocas.

Roberto Gómez Bolaños não poderia imaginar o quão eterna seria sua obra, tão bem reconhecida no mundo inteiro pelo seriado Chaves.

Um roteiro divertido, com crítica social, conta a história de um menino pobre que vivia em uma vila no México, sem o pai e a mãe, e que se envolvia em muitas confusões com seus amigos e outros integrantes da vizinhança.

Para os fãs de Chaves, não é novidade que muitos atores interpretam mais de um personagem na história como, por exemplo, Florinda Meza que é a Dona Florinda e, ao mesmo tempo, a menina Pópis, sobrinha dela ou Edgar Vivar, que é o Seu Barriga e o Nhonho, que não mora na vizinhança, mas estuda no mesmo colégio das crianças do bairro.

Carlos Villagrán, que ficou conhecido como Quico, mas que faz o papel do pai dele, Frederico, em uma única aparição. Já María Antonieta de Las Nieves deu vida a Chiquinha e a Dona Neves, bisavó da menina, e que também causou alvoroço na vila ao organizar uma greve no restaurante de Dona Florinda, certa vez.

Edgar Vivar como o Seu Barriga

Edgar Vivar não esconde a paixão que tem pelo Brasil e sempre está em território nacional, ele interpreta o Senhor Barriga, o proprietário da vila que já visitou o nosso país por inúmeras vezes.

Foi em 2003 que Edgar visitou pela primeira vez o Brasil. O ator participou do programa Falando Francamente, apresentado por Sônia Abrão no SBT, e teve na época um encontro com seu dublador, Mário Vilela.

Carlos Villagrán foi o primeiro ator do elenco a visitar o Brasil. Entre 1995 e 1997, o nosso querido Quico, veio com o seu circo ao nosso país, passando em diversas cidades do Sul e Sudeste.

Carlos Villagrán no Programa Livre

Ele participou do Programa Livre, apresentado por Serginho Groisman e ainda deu uma entrevista ao Jô Soares no programa ”Jô Soares Onze e Meia”. Entre muitas curiosidades e revelações, afirmou que não usa nada para fazer suas bochechas, “aquilo é uma técnica natural”, exaltou.

Em 1996, Rubén Aguirre também esteve no país, fazendo shows na fronteira com o Paraguai, em cidades do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Rubén disse que fazia seus shows em português, auxiliado por uma professora que lhe ensinava o idioma.

Em 2010, Carlos Villagrán e Edgar Vivar estiveram juntos no Brasil, para participar do evento de fãs chamado ”Festival da Boa Vizinhança”. No evento, Carlos Villagrán e seu dublador Nelson Machado se encontraram novamente.

Carlos Villagrán e o seu dublador Nelson Machado no Programa do Ratinho

Em 2011 foi a vez de Maria Antonieta de Las Nieves, nossa querida Chiquinha, a convite do SBT veio participar do Programa do Ratinho, ela retornou em 2013 com uma turnê. A atriz esteve em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, acompanhada da dubladora Cecília Lemes.

Florinda Meza, esteve no Brasil em 2015 para participar do Programa do Ratinho e Domingo Legal do SBT. Em conversa com jornalistas antes do programa, Florinda falou sobre a perda do marido, Roberto Bolaños, morto em 2014, aos 85 anos.

Chiquinha e a sua dubladora Cecília Lemes

Na entrevista Florinda declarou “Escolhi o Brasil porque aqui sempre fomos muito queridos pelos fãs. Roberto sempre foi bem recebido pelos brasileiros, ele ficava muito comovido com o carinho de vocês. Chego a me perguntar se eu realmente mereço tanto carinho!”

“Roberto uniu a América Latina mais do que qualquer político”, disse a atriz, que escolheu o Brasil para dar sua primeira entrevista após a morte do marido.

Florinda Meza no Programa do Ratinho

Assuntos relacionados: