Ele quer ser vereador. Para quê?

Publicado em 21/06/2024

Ele quer ser vereador. Para quê? Por que Alexandre Corrêa acha que concorrer a esse cargo público pode ser seu futuro?

Semanas atrás, perguntei a ele exatamente isso: o que ele esperava do futuro, uma vez que:

1 – Está enfrentando uma guerra com a ex-mulher “empoderada”;

2 – Provavelmente não deve ficar com quase nada do patrimônio que construiu com Ana Hickmann ao longo de 25 anos.

Afinal, são quase R$ 50 milhões em dívidas deitadas sobre quase todos os imóveis que o casal tinha.

Ser vereador, mas pra quê?

A verdade é que, consumado este caso e julgadas as acusações de Ana Lúcia Hickmann contra seu ex, ela  vai seguir adiante e faceira, com seu nome para faturar e seu “gelatier”, Edu Guedes, para fazer vídeos melosos nas redes sociais.

“Mas você, Alexandre, vai ter de começar do zero, sem praticamente nada. O que espera do futuro”, questionei.

Ele respondeu na hora: “Eu quero ser vereador”.

Perguntei o porquê.

E ele: “Porque é o que eu posso ser.

Então, o que entendi foi que ele não tem outra alternativa.

Ou não quer outra.

Lançou a pré-campanha

Em 9 de maio, ele já havia se filiado ao partido Avante 70. Nesta sexta (21), Alexandre Bello Corrêa, 55, lançou sua pré-candidatura a uma vaga na Câmara Municipal de São Paulo.

As reações foram diversas em sua postagem no Instagram.

A maior parte das mais de 120 pessoas que o seguem parece ter aprovado.

Sua “base eleitoral” já está na mesa: quer representar homens que sofrem agressão no casamento, mas têm medo de ir à polícia.

Há muitos batendo palmas e muitos criticando e até ofendendo o ex-marido de Ana Lúcia Hickmann.

Compreensível em ambos os casos.

Péssimo timing

Pessoalmente, acho que Corrêa escolheu um péssimo timing.

Ele ainda é réu no caso da suposta agressão que Ana o acusou.

Como envolve a Lei Maria da Penha, acho pouco provável que ele escape da condenação, independentemente do fato de ser inocente.

Se não for eleito, não poderá concorrer. Se for, pode perder o mandato.

Além disso, acho bem arriscada esse rumo que Alexandre Corrêa tomou, por muitos fatores que estou explicando no vídeo acima.

A pergunta é: Corrêa pode mesmo fazer alguma coisa pelo direito dos homens em nível municipal?

LEIA MAIS:

Dez mistérios do caso Ana Hickmann

Hickmann tenta anular testemunho do filho

Ele quer ser vereador. Para quê?

Ele quer ser vereador. Para quê?

O post Ele quer ser vereador. Para quê? apareceu primeiro em Ricardo Feltrin.