“Toletinho”: Dono da Rede Brasil ganha apelido ao justificar falta à CPI da Covid

Investigado, Marcos Tolentino enviou boletim médico, porém concedeu entrevista em vídeo no mesmo dia

Publicado em 2/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dono da nanica Rede Brasil de Televisão, Marcos Tolentino protagonizou um dos momentos mais escatológicos da CPI da Covid. Apontado como sócio oculto de uma empresa ligada à compra de vacinas, o empresário “meteu o atestado” para faltar ao depoimento, na última quarta-feira, porém apareceu sorridente em uma entrevista em vídeo horas depois.

O boletim médico do hospital Sírio-Libanês, lido nesta quinta pelo presidente da comissão, Osmar Aziz (PSD-AM), apontou “fezes escurecidas” como agravante do estado de saúde do magnata da TV. Ele é suspeito de ser sócio oculto da FIB Bank, empresa que ofereceu garantia financeira de R$ 80,7 milhões em um contrato firmado entre a Precisa Medicamentos e o Ministério da Saúde para a compra da vacina Covaxin.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aziz não acreditou no quadro clínico de Tolentino e defendeu a condução coercitiva do empresário. Na mesma noite em que alegou estar doente, ele concedeu entrevista ao site O Antagonista sem aparentar sofrimento em função das tais “fezes escurecidas”.

O atestado controverso, que gerou indignação entre senadores, virou piada nas redes sociais. Marcos Tolentino ganhou um apelido inusitado: “toletinho”. Afinal, não é sempre que um sujeito chamado “Tolentino” usa o próprio “toletinho” para escapar de uma CPI, não é?

De acordo com a newsletter todatela, de Ítalo Bertão Filho, Tolentino possui três estações de TV em São Paulo. Donos de emissoras não podem ter mais de um canal na mesma cidade, porém as concessões pertencem a empresas diferentes, com outros controladores, e estão localizadas em diferentes municípios nos arredores de São Paulo mas, com antenas sediadas na capital.

Confira a repercussão do atestado médico de Marcos Toletinho… ou melhor, Tolentino:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio