Repórter pergunta se CPI da Covid quer derrubar Bolsonaro e senadores rebatem: “É pelas 430 mil mortes”

Jornalista trabalha em site investigado por propagar notícias falsas e difamar opositores do governo federal

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A repórter Berenice Leite indagou os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Renan Calheiros (MDB-AL), integrantes da CPI da Covid, se o objetivo da comissão era “derrubar” o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Imediatamente, os congressistas rebateram a jornalista citando a alta mortalidade da pandemia no Brasil.

“Só para eu entender, então qual é o objetivo dessa CPI? É, de fato, derrubar o presidente?”, questionou a repórter. Randolfe, vice-presidente da comissão, retrucou: “Não, não, é saber por que nós temos 430 mil mortos no Brasil e somos o país que mais mata por Covid no planeta. É descobrir isso e dar satisfação a essas 430 mil famílias” (atualização: o país ultrapassou 439 mil óbitos nesta terça-feira).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Relator da CPI, Calheiros emendou a fala do parlamentar, também respeitando o luto das mais de 400 mil famílias brasileiras: “E os parentes dessas vítimas precisam saber o que aconteceu. O papel da CPI é iluminar esse compartimento cinzento, ajudar a esclarecer tudo isso”.

Anteriormente, Berenice havia cobrado dos senadores se governadores e prefeitos seriam convocados para depor. Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues, então, explicaram o que significa uma CPI: utilizar o parlamento e os congressistas como meio para investigar politicamente o que ainda não está no âmbito jurídico. No caso dos políticos citados pela repórter, há investigações em curso. Nesta terça-feira (18), o procurador-geral da República, Augusto Aras, encaminhou um resumo dos inquéritos no STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre os gastos os governadores no enfrentamento à pandemia.

Afinal por que Berenice Leite perguntou se a CPI quer derrubar o presidente? Ela trabalha no Jornal da Cidade Online, site bolsonarista investigado por propagar mentiras (as chamadas “fake news”) e difamar opositores do governo. Em maio de 2020, o veículo foi condenado a indenizar o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz.

Assista à entrevista coletiva transmitida pela TV Senado (a partir do minuto 24’00):

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio