Paulinho Gogó estreia no Multishow com “universo” consagrado na Praça É Nossa

Em entrevista exclusiva à coluna, Maurício Manfrini revela bastidores da Central de Bicos

Publicado em 13/09/2021 23:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paulinho Gogó está de volta à TV, 18 meses após deixar A Praça É Nossa. O malandro interpretado por Maurício Manfrini (que se confunde com o próprio personagem) protagoniza a Central de Bicos, que estreia no Multishow nesta segunda-feira (13). No canal pago do Grupo Globo, ele levará o “Gogoverso” (universo de Paulinho Gogó) consagrado no humorístico do SBT, desta vez em um programa só dele.

“Central de Bicos é igual topless na praia, o bico está garantido”, disse Paulinho Gogó à irmã, Kellen Pescoção (Marisa Orth), no início do primeiro episódio. As piadas de duplo sentido e alto teor sexual são o cartão de visitas do malandro, que há mais de duas décadas faz sucesso em diferentes programas. Começou na Super Rádio Tupi e, em 2001, migrou para a Escolinha do Professor Raimundo, onde ganhou o nome atual. Em 2003, Manfrini levou seu personagem para A Praça É Nossa e tornou-se um dos quadros favoritos de Carlos Alberto de Nóbrega.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Chamei para ser redator o Jorge Miguel, que escrevia a Patrulha da Cidade na Super Rádio Tupi, programa policial humorístico em que eu atuava. Como ele me conhece há 20 anos, ele conseguiu levar uma linguagem extremamente popular e unir à estrutura de roteiro dele”, explica à coluna Maurício Manfrini. Chico Amorim e Beth Moreno também assinam os textos da sitcom.

Na Praça, Carlos Alberto era o “escada” de Paulinho Gogó, ou seja, fazia as perguntas que o personagem respondia com a piada. Em Central de Bicos, o “escada” do malandro será seu cunhado, Manteguinha, interpretado por Babu Santana, convidado para a série humorística após deixar o BBB 20.

“A Central de Bicos é do Paulinho Gogó em sociedade com o Manteguinha. Eu ‘contei uma história’ e o convenci a ceder o espaço. Manteguinha é um bobo esperto, porque o Paulinho dá uma volta nele e a Kellen Pescoção reclama que ele cai nas histórias do Gogó”, conta Manfrini.

O elenco produziu o piloto da Central de Bicos em janeiro deste ano. Em junho, o Multishow começou a primeira temporada, com 20 episódios. Manfrini definiu o formato da atração ao se reunir com Silvio Guindane, seu diretor em O Dono do Lar e também no novo humorístico, e Christian Machado, diretor de conteúdo do Multishow: “Silvio Guindane comentou que atualmente havia muitos entregadores motoboys, e o Christian Machado sugeriu que poderia ser uma empresa que faz qualquer serviço”.

Personagens que marcaram as histórias de Paulinho Gogó desde A Praça É Nossa também estão na Central de Bicos. Biricutico, um dos amigos do malandro, é interpretado por Paulo Mathias (ex-Zorra). Beto Chamego dá vida a Helinho Gastrite, outro nome muito comum dos “causos” de Gogó. Os dois papéis tiveram outros atores no filme No Gogó do Paulinho, lançado em 2020 no streaming. Manfrini até tentou, mas não conseguiu repetir o elenco do longa-metragem no Multishow.

“No filme, quem fez o Biricutico foi o Giovani Braz, o Saideira da Praça. Sugeri, mas iria bater com os dias de gravação do SBT, seria uma confusão. Helinho Gastrite, no filme, foi o Maurício de Barros, mas ele estava com outros projetos em São Paulo”, conta o ator.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio