Orlando Drummond, 101 anos, morreu ao lado da família: “Descansou em paz”, diz filha

Eterno Seu Peru, da Escolinha do Professor Raimundo, despediu-se dos filhos, netos e bisnetos

Publicado em 27/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Orlando Drummond, um dos maiores artistas do Brasil, morreu nesta terça-feira (27), aos 101 anos. A coluna confirmou a informação, publicada inicialmente pelo colunista Ancelmo Gois, com a filha do ator e dublador, Lenita Drummond. Segundo ela, o eterno Seu Peru da Escolinha do Professor Raimundo esteve reunido com toda a família antes do último adeus.

“Descansou em paz. Estávamos todos aqui com ele”, afirmou Lenita, emocionada, à coluna. Orlando deixa a mulher, Glória, dois filhos, cinco netos e três bisnetos, além de um legado histórico na indústria audiovisual brasileira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruno Mazzeo, filho de Chico Anysio (1931-2012) e intérprete do personagem do pai na nova Escolinha do Professor Raimundo, prestou tributo a Orlando Drummond em sua rede social. Em 2019, ele atuou como Seu Peru pela última vez na TV.

Drummond ficou internado entre abril e junho no hospital Quinta D’Or, na zona norte do Rio de Janeiro, para tratar uma infecção urinária. Em maio, chegou a apresentar leve melhora no estado de saúde e até conversou com a filha após o início de sua recuperação. “Falou que me amava e que queria passear”, afirmou ela à coluna.

“Papai segue sendo muito bem cuidado pela incansável equipe do Quinta D’or. Os antibióticos o deixaram em estado estável. Houve uma leve melhora hoje. Meu guerreiro, aos 101 e meio, segue querendo viver mais um pouco!”, prosseguiu Lenita.

Em função do quadro clínico delicado, Drummond não podia receber visitas da família. O neto Felipe Drummond, também dublador, esperou a alta médica do avô para poder abraçá-lo: “Ainda não pude vê-lo desde que foi internado. Cuidados requisitados pelos médicos para evitar o contato com muitas pessoas”.

Nascido em 1919 e com mais de sete décadas de profissão, Orlando Drummond iria comemorar 102 anos em 18 de outubro. Diferentemente de outros artistas, que são reverenciados apenas depois que morrem, o artista recebeu as melhores homenagens em vida.

Antes de completar 100 anos, foi convidado para reviver Seu Peru na nova Escolinha do Professor Raimundo e emocionou o elenco do humorístico da Globo, incluindo Marcos Caruso, intérprete do personagem na atual versão.

Em 2019, sentado em uma cadeira de rodas por causa de uma lesão no fêmur, ele curtiu o bloco Diversão Brasileira, no Rio de Janeiro, que o homenageou exaltando seus principais personagens na dublagem, como Scooby-Doo, Popeye e Alf, o ETeimoso.

No mesmo ano, foi convidado a voltar a dublar Vingador, vilão de Caverna do Dragão, para um comercial da Renault. Com a ajuda dos netos, criou um perfil no Instagram e publicava fotos e lembranças para mais de 145 mil seguidores. Ainda ganhou uma biografia, publicada no início de 2020, e recebeu da Câmara Municipal do Rio de Janeiro uma medalha e um diploma por seu centenário.

O último ato de Orlando Drummond foi como cidadão. Em janeiro deste ano, recebeu a vacina contra o coronavírus e participou da campanha da Prefeitura do Rio para incentivar a imunização da população.

O último trabalho de Orlando Drummond foi no filme De Perto Ela Não É Normal, roteirizado e protagonizado por Suzana Pires. No longa-metragem, filmado em 2018 e lançado em outubro de 2020, o ator interpretou um pescador e apareceu durante apenas 50 segundos para aconselhar a personagem principal com bordões de Seu Peru. Uma participação mais que especial!

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio