Nos Tempos do Imperador: Autora abandona Instagram após se desculpar por “racismo reverso”

Cena entre Samuel e Pilar foi criticada por ativistas da causa racial

Publicado em 13/09/2021 18:45
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Autora de Nos Tempos do Imperador, Thereza Falcão abandonou o Instagram após a novela ter sido criticada por uma cena de “racismo reverso” (que não existe). A novelista chegou a pedir desculpas a um ativista da causa racial, porém decidiu sair da rede social em razão da sequência controversa.

Quem anunciou a saída de Thereza foi outra dramaturga da Globo, Duca Rachid. Em seu perfil trancado para desconhecido, ela publicou um perfil falso de Thereza e alertou seus seletos seguidores que a autora de Nos Tempos do Imperados “nem tem Instagram”, surpreendendo até atores da novela das seis, como Bel Kutner, intérprete de Celestina, que reagiu com um emoji assustado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Duca Rachid alerta para perfil falso de Thereza Falcão (Reprodução/Instagram)

Questionada por uma seguidora se o abandono do Instagram era definitivo, Duca respondeu por Thereza: “Sim!”. A saída coincide com o aumento das críticas à novela, lançada há um mês após mais de um ano paralisada em função da pandemia de coronavírus.

Na cena controversa, Pilar (Gabriela Medvedovski) sugere que sofreu preconceito por ser branca ao ser rejeitada na Pequena África, reduto de negros livres e fugitivos que precisam de proteção. O diálogo com o namorado, Samuel (Michel Gomes), provocou reação negativa em telespectadores e ativistas da causa racial.

“Só porque você é branca não pode morar na Pequena África? Como queremos ter os mesmos direitos se fazemos com os brancos as mesmas coisas que eles fazem com a gente?”, questionou Samuel, revoltado com a situação envolvendo a namorada e os moradores do refúgio negro, em cena exibida no capítulo de 21 de agosto.

Uma das vozes mais importantes da luta antirracista, o influenciador AD Junior expôs o quanto a cena era equivocada. Em seu perfil no Instagram, o apresentador do programa Trace Trends, do Multishow e do Globoplay, relembrou que, no século 19 (em que a novela é ambientada), negros não eram vistos como seres humanos e uma relação amorosa com uma branca eram praticamente inconcebíveis.

“A fala de um homem negro no período da escravidão dessa forma seria tão bizarra que chega a assustar quem assiste uma cena dessas. Quem foi o ser que escreveu esse texto?! Aplicar o conceito de racismo reverso numa fala é muito perigoso e essa cena vai morar na cabeça de milhares de pessoas. Um desservico total”, protestou na rede social.

O desabafo do influenciador ganhou apoio de atores da Globo, como Ícaro Silva, Fabiula Nascimento e Shirley Cruz, e chegou até uma das autoras de Nos Tempos do Imperador, Thereza Falcão. Antes de deletar seu Instagram, a novelista pediu desculpas pelo diálogo entre Samuel e Pilar e reconheceu ter havido um “erro grosseiro”.

“Foi péssimo. Pedimos muitas desculpas. Eu mesma quando vi a cena aqui em casa, falei: o que foi isso? Todos os capítulos que vão ao ar até o 24 foram escritos em 2018, gravados na ampla maioria em 2019. Na época não contávamos com uma assessoria especializada, o que só aconteceu no ano passado, com a entrada do [pesquisador de cultura afro-brasileira] Nei Lopes. Hoje assisto a muitas cenas com uma sensação muito longínqua. Mais uma vez pedimos desculpas por cometer um erro grosseiro como esse”, comentou Thereza Falcão na publicação de AD Junior.

Thereza Falcão pede desculpas por cena de “racismo reverso” em Nos Tempos do Imperador (Reprodução/Instagram)

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio