Masked Singer: Priscilla Alcantara foi expulsa de igreja e virou apresentadora após ganhar concurso no SBT

"Unicórnio" da Globo foi revelada no reality Código Fama, do SBT, e assumiu o Bom Dia & Cia

Publicado em 20/10/2021 01:58
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Campeã do The Masked Singer Brasil, Priscilla Alcantara revelou ser o Unicórnio somente após faturar o prêmio de R$ 150 mil, mas quase todos os telespectadores reconheceram a voz da artista logo em sua primeira performance no programa de Ivete Sangalo. Cria do SBT, onde bateu a Globo com o Bom Dia & Cia., virou apresentadora depois de ter conquistado outro concurso musical na TV: Código Fama, comandado por Celso Portiolli.

Em fevereiro de 2005, Priscilla cantou na seletiva brasileira da competição da Televisa, que iria reunir os melhores artistas mirins de cada país latino-americano em um único programa no México. A garotinha de oito anos já chamou a atenção pelas técnicas vocais apuradas, como melismas, usadas constantemente inclusive em suas apresentações como unicórnio na Globo. A menina ganhou a competição e representou o país no concurso internacional, terminando em quarto lugar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vitória no Código Fama foi, para Priscilla, um alívio, já que meses antes havia sido rejeitada no Programa Raul Gil por ser “boa demais”, como a cantora relembrou em entrevista ao Venus Podcast, em agosto deste ano. Um dos concorrentes dela, aliás, foi Gloria Groove (quando ainda se apresentava como o cantor mirim Daniel Garcia). Em contrapartida, a participação na TV irritou a igreja evangélica que seus pais frequentavam.

“Na época em que meus pais eram líderes de igreja, eles eram muito ‘pra frentex’, nossa igreja era bem tradicional, inclusive quando cantei na TV pela primeira vez não podia cantar gospel, então cantei Rouge, Wanessa Camargo, e a gente foi expulso da igreja na época porque eu estava cantando música ‘do mundo’”, revelou Priscilla ao Venus Podcast.

No México, Priscilla Alcantara quase foi contratada pela Televisa para gravar novelas, mas Celso Portiolli segurou a garota no Brasil e passou a cuidar de sua carreira, prometendo inclusive um trabalho melhor no SBT. Enquanto conseguia testes para a artista mirim dentro da emissora, o queridinho de Silvio Santos convenceu o patrão a destronar a dupla Jéssica e Kauê, então titulares do Bom Dia & Cia. e líderes de audiência no horário.

Sob o argumento de que estavam entrando na adolescência, Jéssica e Kauê foram escanteados do programa infantil, sendo substituídos por Priscilla e Yudi Tamashiro, ex-participante do Código Fama que caiu nas graças de Silvio Santos quando Celso Portiolli mostrou ao patrão imagens de sua “pupila” no programa musical. O ótimo desempenho no concurso rendeu à garota um contrato de apresentadora.

Durante quase dez anos, Priscilla atendeu ligações, girou roletas, distribuiu PlayStations (e Jogos da Vida que faziam as crianças chorarem), chamou desenhos animados e alcançou o primeiro lugar no Ibope. Após deixar a TV, investiu na carreira de cantora até conquistar seu segundo reality musical: após o Código Fama, o The Masked Singer Brasil.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio