Revelou trauma

Mãe de gêmeas, Nanda Costa diz que tinha medo de engravidar jovem: “Nunca sem camisinha”

Prestes a voltar à TV em Justiça 2, atriz interpreta mãe de adolescente no filme Derrapada

Publicado em 23/06/2023

Nanda Costa se atrasou 40 minutos para a coletiva de imprensa do filme Derrapada. O motivo: as gêmeas Kim e Tiê, de 1 ano e 8 meses, suas filhas com a percussionista Lan Lanh. A atriz iniciou o tratamento hormonal para engravidar no período das filmagens do longa, que estreou nos cinemas na última quinta-feira (22).

Prestes a voltar à TV como Milena em Justiça 2, na Globo, Nanda Costa vive Melina em Derrapada, mas somente os nomes são parecidos. “Nenhuma semelhança, são completamente diferentes!”, pontua a atriz em resposta à coluna. Em contrapartida, a trama de Melina lembra a da mãe de Nanda na vida real. Ambas deram à luz muito jovens. O filho da personagem, Samuca (Matheus Costa), repete a história de sua genitora e se torna pai ainda adolescente.

A atriz revela que tinha medo de engravidar quando se relacionava com homens, antes de descobrir sua orientação sexual.

Samuca (Matheus Costa) e Melina (Nanda Costa) no filme Derrapada
Samuca (Matheus Costa) e Melina (Nanda Costa) no filme Derrapada

“Minha mãe engravidou com 16 anos, e quando nasci ela tinha 17. Antes de entender a minha sexualidade, eu tinha muito medo de engravidar. Isso era muito forte. Eu até namorava meninos, mas assim, [transar sem] camisinha não podia acontecer. Para mim, era uma coisa desesperadora, uma coisa muito séria porque tinha esse trauma”, recorda a artista.

Derrapada reaproximou Nanda de sua mãe, que pela primeira vez se abriu sobre a maternidade precoce.

“Durante muito tempo, eu também achava que era um erro. Quando fui fazer o filme, conversei muito com a minha mãe. Ela contou pela primeira vez: ‘Você foi muito desejada, eu quis muito ter você’. Comecei a tomar os hormônios para a fertilização, o que me deixou mais sensível também, me fez olhar de outra forma para a maternidade. Fazer [o tratamento] no momento em que a gente filmou Derrapada, tentando ser mãe e conversando mais com a minha mãe, só aumentou o meu desejo e a minha vontade”, afirma.

Assista ao trailer do filme Derrapada:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade