Globo deixa Tiago Leifert se despedir e dá a oportunidade que Faustão não teve

Apresentador tomou café com Ana Maria Braga no Mais Você e explicou os motivos de sair da TV

Publicado em 10/09/2021 10:58
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tiago Leifert deixará a Globo no fim de dezembro, mas sua despedida da emissora já começou. Após o anúncio oficial, ele tomou café da manhã com Ana Maria Braga e relembrou sua trajetória na profissão, além de ter explicado sua decisão de sair da TV. A iniciativa do canal de abrir a programação para o adeus do apresentador sintetiza o respeito mútuo que ambos têm um pelo outro.

“Cria” da Globo por questões familiares (o pai, Gilberto Leifert, foi executivo da TV durante 30 anos), não se agarrou ao sobrenome e viajou aos Estados Unidos para estudar televisão e voltar preparado para realizar seu grande sonho: trabalhar no esporte da Globo. Em 2008, renovou o Globo Esporte e se firmou como apresentador ao migrar para o entretenimento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O The Voice Brasil será o ato final de Leifert na Globo. No Mais Você, ele afirmou ter considerado sua missão na emissora cumprida. Quando precisou escolher entre renovar ou não seu contrato por mais quatro anos, sentiu que o momento de dizer adeus chegou. Pai de Lua e marido de Daiana, passará a ser exclusivo da família após a competição musical.

Tiago Leifert merece a despedida. Durante duas décadas, perseguiu seu sonho de trabalhar na Globo e atingiu seu objetivo por mérito próprio. Dentro do canal, foi alvo de pedradas, mas também conquistou apoio e recebeu carinho da audiência em todas as suas empreitadas: The Voice Brasil, Encontro, É de Casa, Zero 1, Big Brother Brasil e Super Dança dos Famosos.

Os telespectadores deixaram Leifert entrar em suas casas, como também deixaram Faustão, que durante 32 anos animou o fim de semana dos brasileiros e conseguiu reinar no único dia da semana em que a Globo não dominava a audiência. Entretanto, para Fausto Silva, não houve café da manhã com Ana Maria muito menos homenagens das quais ele com certeza é merecedor. As únicas citações na programação vieram dos amigos, como Boninho, Galvão Bueno, do próprio Leifert e de Luciano Huck, novo titular dos domingos.

Ao contrário de Leifert, Faustão sequer teve espaço na TV de comunicar sua saída. Desde janeiro, quando saiu o anúncio oficial, o Domingão ganhou ares de despedida. A Dança dos Famosos, por exemplo, seria especial, apenas com campeões e finalistas de edições anteriores. Convidados do programa aproveitaram para agradecê-lo pela oportunidade, deixando-o envergonhado.

O adeus que seria apenas no fim de 2021 foi abreviado em abril, quando a Band “furou” a confidencialidade e confirmou o retorno de Faustão. A Globo mudou de ideia e quis se desfazer do apresentador o quanto antes. A internação foi a forma mais cruel de encerrar a trajetória de Fausto na casa e, sem dúvidas, manchou a história da emissora.

Ao permitir a despedida de Leifert, a Globo tenta “limpar” a imagem negativa da demissão de Faustão. Entretanto, não é possível reescrever o passado. Se este direito foi dado ao apresentador do BBB, o eterno dono do Domingão também merecia, e até com mais honras.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio