Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Exclusivo

Filho “proíbe” Carlos Alberto de Nóbrega de ver gravação de A Pracinha no SBT: “Eu não deixei”

Marcelo de Nóbrega ocupará o "velho e querido banco" do pai em versão infantil de A Praça É Nossa

Publicado em 06/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O SBT divulgou a participação de Carlos Alberto de Nóbrega no especial A Pracinha, porém ele só aparecerá no final do programa que irá ao ar neste sábado (7). O veterano de 86 anos foi “proibido” pelo filho, Marcelo de Nóbrega, de acompanhar a gravação da versão infantil de A Praça É Nossa e teve de ficar do lado de fora do estúdio até o encerramento dos trabalhos, quando, enfim, pôde dar seu recado.

Em entrevista exclusiva à coluna, Marcelo de Nóbrega explicou por que decidiu barrar o próprio pai da gravação. Diretor da Praça, o filho de Carlos Alberto ocupará o “velho e querido banco” na Pracinha e irá contracenar com as crianças escolhidas para o humorístico.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A coluna perguntou a Marcelo se Carlos Alberto ficou no estúdio para acompanhar o desempenho dele como apresentador. “Não, ele não ficou não. Eu não deixei”, respondeu, aos risos.

Mas por quê, afinal, o filho impediu a entrada do pai? Antes, um esclarecimento: não, não há crise familiar. Marcelo tomou essa atitude em respeito a Carlos Alberto e para não atrapalhar seu desempenho no decorrer da gravação.

“A presença dele iria me deixar nervoso, entendeu? Pelo respeito que eu tenho por ele, e por ele ser uma pessoa super responsável, meu pai decora tudo direitinho, tudo certinho, se ele estivesse lá eu ficaria nervoso, esqueceria o texto, ficaria pior”, esclareceu o titular de A Pracinha.

Em raro momento no lugar do pai na TV, Marcelo tem experiência no banco da Praça no teatro e nas caravanas do humorístico que viajaram pelo Brasil durante mais de 30 anos. Portanto, ele se sentiu à vontade para exercer a função de Carlos Alberto no especial do SBT.

O veterano entendeu o pedido do filho e apareceu no estúdio somente no final da gravação: “Eu combinei com ele que às 18h30 terminaria o programa para a gente fazer o encerramento dedicando a Pracinha aos 35 anos da Praça. Ele só aparece na cena final. Ele vai ter que ver no ar”, disse Marcelo à coluna.

Carlos Alberto sentou-se no banco ao lado de Marcelo e da neta, Dalila Nóbrega, que dirigiu o pai e as crianças da Pracinha. Ao redor da família, todo o elenco mirim se posicionou para homenagear a Praça, que estreou em 7 de maio de 1987.

“Estou muito feliz. Chegou seu dia [Marcelo], 35 anos atrás eu sentava no banco – que hoje está lá na minha casa – e recebia esse presente do Silvio Santos, de ter a Praça, liberdade para trabalhar, muita confiança e respeito ao meu trabalho. E isso está sendo passado para você. Não podia ter melhor presente, para mim, dos 35 anos, do que você aqui”, disse Carlos Alberto, emocionado, recebendo aplausos das crianças e da plateia.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....