Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Exclusivo

Fãs de Angelique Boyer pressionam Globoplay para redublar Amar a Morte com voz do SBT

Dubladora Fernanda Crispim lamenta ausência em trama inédita; responsável por novo elenco pede "chance" a Fátima Noya

Publicado em 11/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Lançada na última semana, Amar a Morte sofreu rejeição de parte do público antes mesmo de entrar para o catálogo do Globoplay. A novela mexicana inédita na TV brasileira é estrelada por Angelique Boyer, uma das atrizes latinas mais populares por aqui, principalmente pelas tramas exibidas no SBT. É justamente o “padrão Silvio Santos” que os fãs querem ver e ouvir na plataforma de streaming da Globo. Eles exigem a redublagem da produção com Fernanda Crispim, voz da protagonista na televisão aberta.

Fernanda dubla Angelique Boyer desde 2005, em Rebelde, e também emprestou sua voz à artista mexicana em novelas como Teresa, Abismo de Paixão e O Que a Vida me Roubou. No Globoplay, ela interpreta a atriz na inédita Império de Mentiras, dublada no estúdio carioca Som de Vera Cruz. Entretanto, Amar a Morte foi enviada à Sigma, empresa de dublagem paulistana, que escalou profissionais de São Paulo para o trabalho. Fátima Noya recebeu o papel de Angelique no folhetim.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Nunca dublei Angelique para outra plataforma, sempre para o SBT, e é uma regra deles manter as vozes. Quem me escolheu para Chispita [na redublagem dos anos 90] foi o próprio Silvio Santos. Novela mexicana caiu no agrado do brasileiro. Os fãs ficaram super chateados e eu também, porque é uma atriz que amo dublar, acho ela maravilhosa”, lamenta Fernanda Crispim em entrevista exclusiva à coluna.

A dubladora, que mora nos Estados Unidos, ficou surpresa com a repercussão da dublagem de Amar a Morte e precisou esclarecer que não tinha participado porque fãs desconfiaram que ela estivesse escondendo o trabalho em razão das cláusulas de confidencialidade. Fernanda também estranhou pelo fato de ter dublado Império de Mentiras para o Globoplay.

“Se me chamarem para dublar, eu iria adorar, mas não acho que outra dubladora tirou o meu trabalho. Os fãs que pagam têm todo o direito de protestar. Acho que vai ter uma repercussão negativa, as pessoas vão ficar muito chateadas. Não estou criticando o trabalho de ninguém, mas fica muito diferente. Se fossem vozes semelhantes, tudo bem, mas a minha e a da Fátima não”, compara.

A coluna procurou a Sigma, responsável pela versão brasileira de Amar a Morte. O dono da empresa, Jorge Barcellos, esclareceu que a novela foi dublada há dois anos para o canal angolano Zap (atualmente interditado pelo governo local) e o Globpolay a comprou pronta, sem mexer nas vozes. Outro folhetim anunciado pela plataforma de streaming, Três Vezes Ana é estrelado por Angelique em papel triplo e também com Fátima Noya no papel principal.

O chefão da Sigma pede aos fãs de Angelique e Fernanda Crispim uma chance para Fátima nas tramas inéditas: “Entendo eles. Quando era jovem, eu assistia a uma série e trocaram o dublador. Para mim, era um outro cara! Perdeu a personalidade, por melhor que a outra voz fosse. Depois, acostumei. Não conheço o trabalho da moça do Rio, mas em São Paulo a Fátima fez Amar a Morte e três personagens diferentes em Três Vezes Ana. O público vai se acostumar. As vozes foram bem escolhidas, tanto que o Globoplay aprovou. Fizemos com muito cuidado e capricho. Eles só pediram a possibilidade de trocar alguma coisa caso não gostassem, mas não aconteceu, se deram por satisfeitos”.

Procurada pela coluna sobre os protestos dos fãs e a possibilidade de redublar Amar a Morte, o Globoplay não se manifestou. Assim que a plataforma se pronunciar, o texto será atualizado.

Apesar da pressão de parte do público, Amar a Morte é o segundo produto mais visto do Globoplay, atrás apenas de Pantanal, e à frente do BBB22. Confira a repercussão da dublagem de Amar a Morte pelos fãs de Fernanda Crispim:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....