Ex-atriz mirim de Castelo Rá-Tim-Bum vira defensora de prédios antigos em São Paulo

À coluna, Bel Herbetta relembra bastidores de programa infantil e ri de meme do Telecurso 2000

Publicado em 25/09/2021 15:43
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Castelo Rá-Tim-Bum não existe de verdade (lamento informar), mas está localizado em São Paulo, como é mostrado nas poucas cenas gravadas fora da TV Cultura. Na ficção, o castelo é alvo do corretor de imóveis Doutor Abobrinha (Pascoal da Conceição). Curiosamente, uma das atrizes mirins do programa tornou-se corretora “às avessas”, contra a especulação imobiliária e defensora dos prédios antigos da capital paulista.

É incrível pensar que o vilão do Castelo é corretor de imóveis e hoje eu sou uma corretora”, brinca Isabela Herbetta, ou simplesmente Bel, em entrevista exclusiva à coluna. Ela atuou em apenas um episódio da série infantil, porém um dos mais lembrados pelos fãs, em que Doutor Abobrinha se fantasia de Papai Noel para enganar Nino (Cassio Scapin) e fazê-lo assinar o contrato de venda do castelo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Castelo Rá-Tim-Bum estava muito à frente do seu tempo em várias questões, como a de demolir o castelo para construir um prédio, tema mais em alta hoje do que na época”, analisa. No programa, Isabela interpretou Mariana e conheceu a casa de Nino por meio do colega de escola, Zequinha (Fredy Állan), que no mesmo episódio levou outro amigo estreante, Neneco (Wellington do Amaral).

O encantamento da personagem ao entrar no Castelo Rá-Tim-Bum é o mesmo de Isabela pelos prédios antigos. Atualmente com 38 anos e formada em arquitetura, trabalha em uma imobiliária especializada em apartamentos com estética fora do convencional. Neste sábado (25), a ex-atriz lança o livro 99 Predinhos de São Paulo, produzido por meio de financiamento coletivo, que reúne fotografias de imóveis que resistem ao tempo e ao avanço dos grandes empreendimentos.

“Os predinhos são uma forma de resistência à atual urbanização, porque é muito mais gentil com a cidade e as pessoas. Eles têm gradezinhas, muros baixos, têm relação com a rua, muitos não têm elevador, cobram baixo valor de condomínio. A questão social também é uma preocupação minha, tanto que trabalhamos mais com imóveis usados e de preferência com uma arquitetura interessante, que converse com a cidade. Os lançamentos não têm personalidade. Muitas pessoas que trabalham com arquitetura e urbanismo têm essa visão contrária à especulação imobiliária que acaba descaracterizando a própria cidade, porque eles demolem a história de um lugar para construir algo totalmente sem identidade”, critica Bel Herbetta à coluna.

Meme e “sumiço”

Durante anos, Isabela preferiu se “esconder” de tudo que envolvia Castelo Rá-Tim-Bum. Nem da exposição do MIS (Museu da Imagem e do Som), realizada em 2014, ela quis participar. Além de considerar seu papel no programa da Cultura pequeno, zoações de colegas de escola afastaram a arquitetura de seu passado como atriz. O marido e fãs da série a fizeram rever sua trajetória artística com mais carinho.

Uma das atuações de Isabela na Cultura virou meme. Em uma aula de biologia do Telecurso 2000, sua personagem se queixa de pelos que cresciam nas axilas e nas pernas, quando sua mãe (interpretada pela atriz Liza Vieira) pergunta sem qualquer pudor: “E na xoxota?”. A filha fica constrangida e responde: “Ai, mãe, também cresceram e engrossaram”. A cena repercute até hoje nas redes sociais, mas foi excluída na reedição do programa.

“Perguntavam: ‘Quem é essa atriz?’. Algumas pessoas descobriram e eu fiquei quieta, na minha. Na adolescência eu tinha vergonha, se alguém falava eu ficava p… da vida. Na escola, quando era meu aniversário, os colegas cantavam parabéns e no final: ‘Rá-tim-bum! Bum bum bum, Castelo Rá-Tim-Bum!’, e eu ficava muito brava, começava até a chorar. Quando você entra na adolescência, quer superar a infância e ser outra pessoa. Tomei outros rumos e agora estou resgatando esse período”, conta Bel Herbetta.

Além do Castelo e do Telecurso 2000, a ex-atriz ainda apareceu no programa X-Tudo, também na Cultura, e na série Sandy & Junior, da Globo. Ainda atuou em dublagem (é dela a primeira voz de Rhonda, personagem do desenho Hey Arnold!), mas os trabalhos artísticos foram diminuindo na adolescência.

Quando prestou vestibular, foi convencida pelo colega de escola, Esmir Filho (cineasta e irmão da apresentadora Sarah Oliveira) a cursar cinema, porém não se adaptou e menos de um ano depois, migrou para a arquitetura, onde se sente realizada profissionalmente preservando a história dos prédios antigos de São Paulo. Agora, também está disposta a preservar sua própria história no imóvel mais mágico da cidade, o fictício castelo da Cultura.

“Como atriz, fiz coisas super passageiras, mas é legal ver como essa participação, apesar de ter sido em apenas um episódio, gera até hoje tanta repercussão. As pessoas falam que fiz parte da infância delas! É muito engraçado ver como realmente marcou”

Bel Herbetta, arquiteta e ex-atriz mirim de Castelo Rá-Tim-Bum

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio