Em retorno à TV, Silvio Santos diz que falará com Bolsonaro sobre reeleição

Dono do SBT voltou a gravar programas após 16 meses isolado em função da pandemia de coronavírus

Publicado em 25/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT exibiu neste domingo (25) o primeiro programa inédito de Silvio Santos durante a pandemia de coronavírus. O Roda a Roda, gravado na última sexta-feira, entretanto, pôde ser facilmente confundido pelo telespectador por uma reprise, como ocorreu nos últimos 16 meses em que o apresentador de 90 anos ficou isolado em sua casa por pertencer ao grupo de risco para a Covid-19.

Com a voz um pouco falha em função do longo período sem trabalhar, o dono do SBT precisou do auxílio de Liminha para lembrar as regras do programa e culpou o distanciamento social por sua falta de memória: “Com essa pandemia, tive que ficar em casa sem fazer nada, sei lá quanto tempo. Já esqueci tudo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em outro momento, recusou divulgar um produto de sua própria marca por estar com “amnésia”: “Qual é o anúncio que eu faço da Jequiti? Hoje eu não sei fazer anúncio da Jequiti porque eu estou com amnésia (risos). Eu estou com uma menina que se chama amnésia, é o nome dela”.

No game show, Silvio apostou na vitória de uma participante gaúcha, embora tenha reclamado que é no Rio Grande do Sul onde ele registra sua pior audiência no Brasil. O dono do SBT, bem-humorado, comentou que já usou bombacha e bebeu chimarrão para ser aceito pelo público do estado da região Sul.

O apresentador citou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de quem é apoiador do governo, ao mencionar que nunca visitou o Rio Grande do Sul e só conhece o Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, para onde quer ir conversar com o chefe do Executivo sobre a reeleição presidencial.

“Eu nunca saí de São Paulo. Eu só conheço o Rio, porque eu nasci, e Brasília, que é onde vou tratar de negócios. Vou falar com o Bolsonaro para ver se ele vai ser reeleito. Vou perguntar para ele se ele vai ser reeleito”, declarou, aos risos.

Silvio Santos realizou apenas duas aparições públicas durante a pandemia. A primeira foi em vídeo no aniversário do empresário bolsonarista Luciano Hang. A segunda foi ao lado do presidente para receber um selo comemorativo dos Correios em homenagem aos 90 anos do comunicador. Também participou do evento o ministro das Comunicações, Fábio Faria, que só ocupa este cargo, nas palavras do próprio Bolsonaro, por ser genro de Silvio.

Ou seja: apesar do tom de humor, Silvio Santos não falou “negócios” e “reeleição de Bolsonaro” na mesma frase por acaso.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio