Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Climão

Em estreia na Globo, Anitta criticou personagem de novela na frente de atriz: “Para o funk, não é bom”

Sincerona, cantora admitiu que não gostava de funkeira interpretada por Carol Macedo em Fina Estampa

Publicado em 27/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Neste domingo (27), o Fantástico exibirá uma entrevista com Anitta sobre o inédito primeiro lugar no Top 50 Mundo do Spotify, parada global mais importante do streaming, alcançado na última sexta. O programa ainda vai recordar todas as entrevistas com a cantora. Entretanto, a estreia da “girl from Rio” na Globo foi desastrosa, com direito a “climão” e crítica à personagem funkeira de Fina Estampa na frente da atriz.

A coluna recuperou, há dois dias, tweets antigos de Anitta empolgada por pisar pela primeira vez nos Estúdios Globo (na época, ainda se chamava Projac). A cantora, então com 18 anos, era revelação da Furacão 2000, principal empresa de funk do Rio de Janeiro, e despontava com músicas como Fica Só Olhando, Proposta e Eu Vou Ficar.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS TEXTOS DESTE COLUNISTA

Pabllo Vittar grita “Fora, Bolsonaro” e evoca Lula no Lollapalooza: “Brasil que eu quero”, diz Titi Müller no Multishow
Vico Iasi: Apresentador do Globo Rural explica decisão de trocar a TV pelo rock: “Não parei, acelerei”
Final do BBB 22 na Globo vai enfrentar Corinthians x Boca Juniors no SBT

Em 9 de dezembro de 2011, Anitta foi entrevistada ao vivo no site do antigo Domingão, no quadro Garagem do Faustão, mesmo nome do concurso para novos artistas realizado pelo programa de Fausto Silva. Rafinha (campeão do BBB 8) e Claudia Swarowsky conduziram a transmissão, que ainda teve a atriz Carol Macedo, a Solange da novela Fina Estampa.

A ideia era unir a intérprete de uma funkeira na novela das nove com uma cantora de verdade. O resultado, porém, foi um show de horrores. Anitta foi “sincerona” ao dizer que a personagem desvalorizava a cena do funk cantando que “tirava nota zero na escola mas dez no popozão”.

Anitta e Carol Macedo no Garagem do Faustão (Reprodução/Twitter)

“Aprender é desafio, mas no funk eu arrepio. Eu odeio redação, mas requebro até o chão. Não sou boa nos estudos, levo zero em quase tudo. Reprovada no provão, tirei 10 no popozão. Meu diploma é de funkeira, vem comigo meu irmão. Põe a mão no popozão e requebra até o chão”, diz o funk composto pela própria personagem, que adotou o nome artístico de Sol do Recanto.

Questionada sobre a ascensão feminina no funk e a trama de Fina Estampa, Anitta assumiu ser “noveleira”, mas não poupou críticas mesmo estando na Globo.

“Acho que é muito bom para o funk ser reconhecido, mas ao mesmo tempo, na novela, a Solange cantas umas letras que ‘tiro 10 no popozão e zero no colégio’. Assim, para o funk, para a comunidade funkeira, para todo mundo que luta para o funk ser bem aceito, não é muito bom. Quem luta pelo funk de verdade e faz o funk porque gosta do movimento não gosta disso porque denigre um pouco a imagem. As meninas que me ouvem querem fazer a mesma coisa que eu falo na música, querem dançar, arrasar com os meninos. Às vezes, as crianças que ouvem a letra que tira zero no colégio acham que é bonito você tirar zero no colégio e ir dançar funk, e não é bem assim. Existem pessoas, como em todos os âmbitos da nossa vida, que fazem coisas ruins. No funk, também há aquelas pessoas que só querem ganhar dinheiro e cantam coisas feias, mas também tem aquelas pessoas que fazem funk de muita qualidade”, opinou a cantora de 18 anos.

Carol Macedo, que tinha a mesma idade de Anitta, reagiu atônita ao comentário e ficou quieta, apenas observando atentamente as ponderações da convidada. Claudia Swarowsky percebeu o desconforto da atriz e tentou brincar: “Acho que a Solange agora, a Carol, vai bolar uma nova musiquinha”. “Vai ter música nova”, respondeu a intérprete de Sol do Recanto, com um sorriso amarelo.

Não é possível assegurar se a crítica de Anitta surtiu efeito, mas, por coincidência, a funkeira de Fina Estampa cantou outras duas músicas na novela com temática diferente de 10 no Popozão: um remix de Cidade Maravilhosa e a inédita Pitbull, composta por Latino, que não falava sobre “tirar zero na escola”.

Na controversa biografia de Anitta, o jornalista Leo Dias escreveu que a cantora “tinha uma mágoa guardada” por sua primeira participação na Globo porque o quadro nunca foi exibido na TV, só na internet. “Mas, para falar a verdade, a apresentação foi um horror, e é até bom que ela permaneça bem escondida”. Leo Dias exagerou, porque desde o início era sabido que o quadro seria para o site do Domingão, e não para a televisão. E não está “escondida”. Basta acessar o Globoplay ou clicar no vídeo abaixo:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....