Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Estranhou

Edgar Vivar, o Sr. Barriga, critica comercial que recriou Chaves com “deepfake”: “Surrealismo”

Personagem de Roberto Gómez Bolaños vira "garoto-propaganda" de plataforma de streaming

Publicado em 24/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Um comercial que “reviveu” Chaves por meio de “deepfake” (tecnologia que copia vozes e rostos) incomodou o ator Edgar Vivar, o Sr. Barriga da série mexicana. Na peça publicitária, o comediante Eugenio Derbez interage com o personagem criado por Roberto Gómez Bolaños (1929-2014) para divulgar uma nova plataforma de streaming para o mercado hispânico.

Ironicamente, Chaves não está no catálogo da empresa que usou o menino órfão que se esconde no barril como “garoto-propaganda”, mas a publicidade foi realizada em parceria com o Grupo Chespirito, administrado pelo filho de Bolaños, que detém os direitos artísticos do comediante.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS TEXTOS DESTE COLUNISTA

Huck repete convidada de Gugu em quadro semelhante e leva dubladora de Chaves à Globo
Criador do tema de Chaves tem vídeo bloqueado pela Globo e cobrará por uso no Domingão
Gretchen explica aos apresentadores do Podpah quem foi Chacrinha: “Eu o comparo à Gkay”

“Surrealismo foi inventado no México”, ironizou o intérprete de Sr. Barriga no Twitter, endossando uma crítica do Fórum Chaves, comunidade de fãs da série mais influente no Brasil. “Maior ironia usarem o Chaves pra anunciar um serviço de streaming… sem o Chaves. Nem parece que está há quase dois anos fora do ar”, escreveu o perfil de admiradores.

Chaves está fora do ar desde julho de 2020, quando expirou o acordo entre Roberto Gómez Bolaños e a rede mexicana Televisa para veiculação e comercialização. As obras de Chespirito foram exportadas para mais de 90 países, e aproximadamente 20 ainda mantinham-nas no ar. No Brasil, o SBT lançou a série em 1984. Em 2018, o Grupo Globo comprou Chaves e Chapolin para exibição no Multishow.

O editor Bruno Sartori, especialista em “deepfake”, já utilizou a ferramenta para melhorar a imagem de Chaves e publicou o resultado, ainda em caráter experimental, em sua rede social:

Assista ao comercial com Chaves “revivido” por meio da tecnologia “deepfake”:

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....