Diretor de Geraldo Luís contrai coronavírus; equipe contesta protocolos

Funcionários se sentem inseguros com aglomeração de convidados do programa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa A Noite É Nossa registrou mais uma baixa por coronavírus. O diretor Michael Ukstin testou positivo para a doença e foi afastado. Nos bastidores, a equipe da atração da Record contesta os protocolos de segurança, principalmente após a internação do apresentador Geraldo Luís, que chegou a ficar na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em função da Covid-19. Procurada, a emissora afirma respeitar todas as medidas de proteção.

Ukstin não precisou ficar internado e cumpre quarentena em sua casa. Em fase final de recuperação e prestes a voltar ao trabalho, o diretor é contratado da produtora New Vision, responsável pelo programa, e divide o comando ao lado de João Scortecci, da Record.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os diretores João Scortecci e Michael Ukstin e o apresentador Geraldo Luís (Reprodução/Instagram)

O clima anda pesado nos bastidores, apurou a coluna. Funcionários se dizem expostos por um possível contágio e se queixam da frouxidão dos protocolos de segurança adotados desde a implementação da fase emergencial do Plano São Paulo, instituído pelo governo estadual para conter o avanço da pandemia.

Entre as medidas, está o “toque recolher” a partir das 20h, impossibilitando o programa de ir ao ar ao vivo, às 22h45 de quarta-feira. Por isso, está sendo gravado às terças, no período da tarde. Outra mudança está na plateia, que agora está vazia. Nas primeiras edições, acomodava 30 pessoas (público já reduzido em função da crise sanitária; um programa de auditório costuma ter quatro vezes mais espectadores).

Apesar da redução da quantidade de pessoas, ainda há aglomeração no palco. O programa exibido na última quarta (24) chegou a apertar 17 pessoas sem máscara apenas na parte correspondente ao cenário. O número inclui o elenco fixo, bailarinas, convidados e o substituto de Geraldo Luís, Luiz Bacci, e não soma cinegrafistas, auxiliares, técnicos e produtores que não aparecem para o público. O estúdio, localizado próximo à sede da Record, tem 18 metros de comprimento e 28 metros de largura.

Três integrantes da equipe do A Noite É Nossa já testaram positivo para Covid-19. Nos corredores, o retorno de Geraldo Luís é praticamente descartado. O apresentador, que passou três semanas internado, perdeu os movimentos da perna direita como sequela da Covid-19 e tem sido submetido a sessões de fisioterapia em sua casa.

Procurada pela coluna, a Record informa que “os protocolos continuam os mesmos, respeitando todos os cuidados indicados pela OMS, incluindo testes em todos os dia de gravação na equipe técnica, na produção, nos convidados, no elenco e no apresentador”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio