Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Do humor à política

Comediante aposenta imitação de Dilma Rousseff para se candidatar pelo PT a convite de Lula

Gustavo Mendes deixará de representar ex-presidente e concorrerá a deputado federal

Publicado em 09/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O comediante Gustavo Mendes aposentará seu principal personagem para entrar na política. Famoso por programas do canal pago Multishow, como Treme Treme e Xilindró, ele decidiu não imitar mais a ex-presidente Dilma Rousseff, carro-chefe de sua carreira no humor. A representação debochada da política já foi ao ar nos programas Casseta & Planeta Vai Fundo, Zorra Total e Tá no Ar, na Globo, e Agora é Tarde, na Band, além de fazer sucesso nas redes sociais e no canal do artista no YouTube.

A coluna apurou com pessoas próximas ao humorista que Gustavo Mendes “aposentará” Dilma após o lançamento de sua candidatura a deputado federal pelo PT, em Belo Horizonte, nesta segunda-feira (9). O ex-presidente Lula, que anunciou sua nova corrida à Presidência no último fim de semana, convidou o comediante para concorrer a um cargo no Congresso Nacional. Ele aparecerá na campanha de cara limpa.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A notícia da candidatura de Gustavo Mendes foi publicada pelo colunista Guilherme Amado, do portal Metrópoles. em suas redes sociais, o comediante chamou seus seguidores para acompanharem o encontro com Lula na capital mineira: “Hoje é um dia muito especial para mim. Eu vou apresentar um evento gigantesco. o presidente Lula está em Minas e eu vou estar junto com ele”.

Em tom político, ele criticou o presidente Jair Bolsonaro e o responsabilizou pelas mais de 664 mil mortes provocadas pelo coronavírus.

“Nós faremos esse país sorrir novamente. Houve uma mão pela qual muitas pessoas acreditaram, e essa mão destruiu esse país. Por essa mão escorre o sangue de quase 700 mil vidas mortas pela Covid porque ele foi imprudente, não quis comprar vacina. Essa mão trouxe o Brasil de volta ao mapa da fome. Mas juntos nós vamos pelo país. Nós vamos reconstruir esse país e trazer de volta o sorriso ao rosto de cada brasileiro, de cada brasileira, de cada pessoa dessa nação”, opinou.

Gustavo finalizou citando a inspiração para sua principal personagem: “Será que a presidenta Dilma vai estar aí? Imagina reencontrar com ela!”.

Com 33 anos, Gustavo Mendes intensificou sua participação política após as denúncias contra Lula pela Operação Lava Jato, que o levaram à prisão em 7 de abril de 2018. O comediante defendeu a candidatura do ex-presidente naquele ano e viajou até a sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o petista esteve detido.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....