Cantora “internacional” de Páginas da Vida é obstetra brasileira: “Já cantei durante parto”

Médica Laura Garambone voltará aos palcos com o irmão, o produtor JAMM'

Publicado em 15/12/2021 07:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Páginas da Vida, atualmente reprisada pelo canal pago Viva, emplacou também na trilha sonora. Em 2006 e 2007, Se Quiser, de Tânia Mara, e One Last Cry, de Marina Elali, ficaram entre canções mais executadas nas rádios. Até artistas “desconhecidos” bombaram, como um tal grupo X-Static com o hit Here With Me. Sabia que o conjunto não existe e esta música é cantada por uma brasileira? Curiosamente, ela trabalha na mesma profissão da protagonista da novela, Helena (Regina Duarte): é obstetra e ginecologista.

Laura Garambone já era médica quando interpretou um dos temas de Páginas da Vida a pedido do irmão, o produtor musical JAMM’ (ex-Mister Jam, nome artístico de Fábio Almeida), que compunha para novelas da Globo. A ideia era criar músicas internacionais parecidas com outras que a emissora não havia conseguido liberação das gravadoras. Dessa leva, saíram os sucessos Can’t Get Over (“irmã” de If You, do DJ italiano Magic Box), trilha de América (2005), e Here With Me (semelhante a Kissing, do quarteto dinamarquês Bliss), que abre o CD Páginas da Vida Lounge (no mesmo álbum, a obstetra canta Feel Me Up, mas com o nome Farina).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fábio tem facilidade para compor em inglês. O engraçado era quando as pessoas começavam a descobrir porque tocava nas rádios. Minhas amigas: ‘Nossa, não acredito que é você!’. O projeto não avançou, acho que nem era esse o objetivo, mas a música ficou conhecida, tocou muito em rádios de elevador. Tenho uma secretária que adora botar playlists, um dia tocou a música e eu falei: ‘Sou eu que estou cantando’, e ela: ‘Mentira, doutora!’”, brinca Laura Garambone em entrevista exclusiva à coluna.

Apesar do êxito da música, Laura decidiu continuar na bem-sucedida carreira na medicina. “O X-Static foi criado para constar em uma trilha sonora. O Kasino foi crescendo e nos assombrou com o sucesso. Precisamos contratar assessoria de imprensa, houve shows até fora do Brasil. ‘Atropelou’ a gente, não esperávamos“, comenta Fábio Almeida, o JAMM’.

Noveleira, Laura está acompanhando a reprise de Páginas da Vida e gosta de ouvir sua voz em uma das trilhas mais executadas na trama de Manoel Carlos. Durante muito tempo, entretanto, ela escondeu dos pacientes que também é cantora: “Eu tinha uma coisa de não falar sobre meu lado artístico porque achava que as pacientes não iriam me respeitar, só que meus próprios amigos médicos falavam e eu comecei a perceber que era o contrário, as pessoas achavam legal! Era um preconceito que vinha de mim mesma! Uma bobagem”.

Fama com Mr. Jam

Antes de Páginas da Vida, Laura Garambone experimentou uma fama bem maior, obrigando-a a conciliar a vida artística com a faculdade. Em 1996, integrou o conjunto de dance music Mr. Jam, capitaneado pelo irmão, e logo no primeiro CD emplacou o sucesso The Shining Light. O sucesso nacional veio dois anos depois, com Rebola na Boa, tema de abertura da novela Vila Madalena. A então estudante universitária chegou a levar livros para os shows e apresentações na TV!

“Voltava dos shows às 4h da manhã e às 7h eu tinha que estar no ponto de ônibus para ir à faculdade. Foi muita ralação, mas eu queria as duas coisas. Nosso empresário dizia que era melhor eu desistir da medicina. Eu chorava, ficava em crise. Estava começando a vida, mas não queria desistir. Fiz milhões de programas: Xuxa, o banquinho do Raul Gil… só não ficamos mais famosos porque não fomos a dois programas cruciais: Faustão e Gugu. A banda me preparou muito para eu falar com os meus pacientes e palestrar. Foi legal, um processo de construção de mim mesma”, analisa a médica.

Com o fim do contrato com a gravadora Sony Music, o Mr. Jam realizou seu último show em novembro de 2001, justamente na véspera da formatura de Laura. Enquanto Fábio tentava manter o grupo, sua irmã já estava decidida a encerrar a carreira de cantora e se dedicar apenas à medicina. Nas consultas e nos partos, a obstetra descobre o quanto foi famosa.

“Uma paciente minha falou: ‘Doutora, não estou acreditando que você cantava Shining Light, eu amava essa música!’. Outro dia, em um parto, batendo papo com a paciente que estava em trabalho de parto, ela falou: ‘Não acredito, doutora… ai, ai, ai… deixa passar essa contração, canta aí, dá uma palhinha, canta Rebola!’. É muito engraçado, isso acontece!”, diz a ginecologista, aos risos.

Fui médica da Polícia Militar no Rio de Janeiro entre 2010 e 2016. A comandante do nosso pelotão, quando descobriu, falou na aula: ‘Todos de pé! Tenente-estagiária Laura, aqui na frente! É verdade que a senhora era cantora? Então a senhora vai cantar um pedaço da sua música! Cantei Shining Light fardada! Foi muito surreal! (risos). Esta comandante é minha paciente e teve filho comigo! A gente se adora!

Laura Garambone, médica

Para comemorar os 25 anos da formação da banda, Laura Garambone e Fábio Almeida antecipam à coluna a volta do Mr. Jam para uma turnê pelo Brasil! O produtor musical ainda prepara o lançamento nas plataformas digitais um álbum com trilhas de novela, incluindo Páginas da Vida.

“Vamos colocar em janeiro, como raridades e remixes, diversas gravações assinadas ou não como Mr. Jam, como Cruisin’, de Coração de Estudante (2002). Ela [Laura] vai voltar a cantar, porque vamos lançar também um EP com quatro músicas inéditas, todas em inglês, para o final de janeiro”, adianta JAMM’.

“Gravamos até um ‘microclipe’ de Cruisin’ para aparecer na TV! Eu fazia residência de medicina, e era engraçado as médicas de plantão gritando: ‘Doutora, eu te vi na TV!’. Estou super empolgada para voltar ao estúdio e gravar. Vamos fazer o reencontro, mas já entendi que não vou seguir, não vou parar tudo para isso. Não faz parte do meu contexto, mas amo cantar. Estou doida para reencontrar todos!”, celebra Laura.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio