Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
A Pracinha

Atriz mirim fará Zé Bonitinho em versão infantil de A Praça É Nossa; confira mais homenagens

Especial do SBT terá releituras de quadros de Jorge Loredo, José Santa Cruz, Ronald Golias e Roni Rios

Publicado em 04/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Versão infantil de A Praça É Nossa, A Pracinha homenageará personagens clássicos do humorístico do SBT, que completará 35 anos neste sábado (7), mesmo dia da exibição do programa especial. Em um dos tributos mais esperados, o galanteador Zé Bonitinho será interpretado por uma menina, a atriz mirim Manuela Aidar, de 13 anos.

Manu, como também é conhecida, venceu o concurso Humoristinhas, do canal pago Multishow, interpretando, entre outros papéis cômicos, o bonitão eternizado por Jorge Loredo (1925-2015). No programa, recebeu elogios de Fernanda Souza, que atuou na nova Escolinha do Professor Raimundo ao lado de Mateus Solano, o Zé Bonitinho da versão mais recente exibida pela Globo.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Manuela Aidar e Eduardo Sterblitch no programa Humoristinhas, do Multishow

Na gravação, Manuela também conquistou Marcelo de Nóbrega, criador e apresentador de A Pracinha. Como diretor da Praça, o filho de Carlos Alberto de Nóbrega presenciou o talento de Jorge Loredo no estúdio e aprovou a releitura da adolescente.

“Fizemos uma mistura com alguns personagens antigos da Praça, porque marcaram muito. As pessoas gostariam de ver como uma criança faria o Zé Bonitinho. A menina foi muito bem, deu um show!”, elogia Marcelo em entrevista à coluna.

Scheila Carvalho e Jorge Loredo (Zé Bonitinho) em A Praça É Nossa

Roteirista da Pracinha, Rapha Carvalho explica como suavizou o personagem adulto para encaixar na versão mirim: “Manu já trouxe do concurso Humoristinhas o Zé Bonitinho, que era um personagem sexualizado, mas a gente o infantilizou o máximo possível”.

Três quadros antigos da Praça ganharão releituras com crianças, Além de Zé Bonitinho, o Explicadinho será interpretado por uma garota: Lorena Castro, de 10 anos. A atriz, com experiências em dublagem e teatro musical, teve três ensaios, sendo o último com o próprio Marcelo de Nóbrega, que herdou o personagem de Roni Rios (1936-2001). Os dois irão contracenar juntos e repetirão os bordões dos personagens. Até o figurino foi copiado “nos mínimos detalhes”, como diz o personagem.

Roni Rios e Marcelo de Nóbrega deram vida ao Explicadinho em A Praça É Nossa
Lorena Castro e Marcelo de Nóbrega homenageiam Explicadinho em A Pracinha

Ronald Golias (1929-2005), um dos comediantes mais queridos do Brasil e “irmão de alma” de Carlos Alberto, também será lembrado na Pracinha. Gui Rodrigues, ator com passagens pela Record e pelo cinema, dará vida ao aluno problemático Pacífico, ao lado das colegas de classe Pazza (Lorena Rodrigues) e Alemanha (Eduarda Lanza, sobrinha do cantor Pe Lanza, ex-Restart e atualmente confinado no reality show Power Couple Brasil, da Record).

Andréa Nóbrega, Ronald Golias e Sonia Almeida em A Praça É Nossa
Lorena Rodrigues, Gui Rodrigues e Eduarda Lanza em A Pracinha

Outros quadros novos lembrarão antigos. Nick Detonador, interpretado por Lorenzo Tironi (ex-Record), não deixará a mãe conversar com Marcelo de Nóbrega pois ficará gritando com seu game no celular, como fazia Canarinho (1927-2014) no orelhão.

Canarinho (Reprodução)
Nathalia Serra, Lorenzo Tironi e Marcelo de Nóbrega em A Pracinha

Peralta, personagem de Davi Martins (de As Five, da Globo, e Canta Comigo Teen, da Record), terá um bordão familiar para quem acompanha a Praça desde os anos 80: “Ô, tio!”. Ele irá infernizar Marcelo de Nóbrega como fazia Rosauro, o garoto de Itu interpretado por Simplício (1916-2004), que gritava no ouvido de Carlos Alberto: “Ô, homi!”.

Simplício, Mara Maravilha e Carlos Alberto de Nóbrega em A Praça É Nossa
Davi Martins interpreta Peralta em A Pracinha

Lembra-se daquele quadro em que Jojoca (José Santa Cruz) repetia tudo o que Pepê (Péricles Flaviano) dizia para tentar conquistar as mulheres, mas sempre dava errado? A Pracinha terá uma versão mirim com os atores Arthur Moreira (Joquinha) e Giu Cota (Pipinho) se atrapalhando com suas mães, vividas por Renata Brás e Xanda Dias, do elenco adulto de A Praça É Nossa.

José Santa Cruz e Péricles Flaviano no quadro Jojoca e Pepê, em A Praça É Nossa
Renata Brás, Arthur Moreira, Giu Cota e Xanda Dias em A Pracinha

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....