Alexandre Garcia tem “pane” ao vivo e ameaça deixar CNN Brasil: “Não sei se a gente volta”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alexandre Garcia se desentendeu com o apresentador Rafael Colombo durante o quadro CNN Liberdade de Opinião, dentro do telejornal CNN Novo Dia, na manhã desta quinta-feira (6). O comentarista teve uma espécie de “pane” ao vivo após ser contestado pelo colega e ameaçou deixar a CNN Brasil.

Em sua participação, Garcia defendeu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), como é rotineiro em suas interações na CNN Brasil. Desta vez, apoiou a fala do chefe do Executivo sobre baixar um decreto proibindo medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para limitar a circulação de pessoas e, consequentemente, frear a propagação do coronavírus, que já vitimou mais de 414 mil brasileiros até a última quarta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O comentarista endossou o discurso de Bolsonaro sob o pretexto de que estaria cumprindo o inciso XV do artigo 5º da Constituição Brasileira: “É livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens”.

“Esse é o país maluco em que estamos vivendo neste momento. Você mencionou ‘ameaça’, vi hoje no jornal também dizendo que ‘Bolsonaro ameaça com decreto’. Estamos ameaçados de que alguém nos faça cumprir a Constituição. Isso resume tudo. Esse é o verdadeiro, como ele chamou, ‘pleonasmo abusivo’, um decreto a fazer cumprir a Constituição”, disse Alexandre Garcia.

Rafael Colombo indagou o comentarista citando o mesmo artigo 5º, que assegura ao cidadão brasileiro a “inviolabilidade do direito à vida”. “Mas na Constituição tem o direito à vida também, não é, Alexandre? Os governadores e prefeitos não estão tentando garantir o direito à vida?”, questionou o apresentador.

Alexandre Garcia não respondeu, respirou fundo e ficou 12 segundos em absoluto silêncio. Sem entender se o jornalista havia perdido o sinal da transmissão, Colombo se despediu e encerrou o quadro: “Valeu, Alexandre, a gente volta a conversar amanhã!”.

De repente, Garcia interrompeu Colombo, mas de forma ríspida, mostrando que não gostou de ser contrariado: “Não estou sendo entrevistado”. O apresentador reagiu com educação: “Oi, desculpa, pensei que você não tivesse ouvido”. O comentarista, então, se despediu com a ameaça de sair do canal pago: “Não sei se a gente volta”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio