Denúncia!

Fora do BBB 22, Maíra Cardi invade live do irmão de Jade Picon e acusa equipe da sister: “Crime muito grave”

A coach afirmou que a atitude dos funcionários da sister pode prejudicá-la fora do jogo

Publicado em 09/02/2022

Maíra Cardi invadiu uma live de Leo Picon para acusar a equipe de sua irmã Jade Picon de ter cometido “um crime grave” nas redes sociais contra o seu marido Arthur Aguiar, ambos estão confinados no BBB 22.

“Estão acusando Arthur de uma doença psíquica muito grave e isso é um crime. Uma coisa é o jogo e outra é o que acontece aqui fora. Sua irmã não faz a menor ideia e não tem a menor culpa […] Isso é uma coisa muito grave que afeta a vida dela aqui fora, estou tentado falar com você por causa disso, porque imagino que você saiba falar com eles”, disse a influenciadora digital que, em seguida, colocou sua advogada para conversar com o irmão da sister.

“Eu não tenho nada a ver com a equipe dela de redes sociais, mas com certeza eu passo esse recado. Eu vi a publicação e compartilhei nos meus stories como um ponto de vista, mas eu nem sabia que gaslighting era algo desse tipo”, respondeu o modelo.

O post a que a ex-BBB e o youtuber se referem é a publicação em que a psicanalisa Manuela Xavier acusa o cantor de fazer “Gaslighting e manipulação psicológica” com a empresária no confinamento. Em seu perfil no Instagram, a doutora em psicologia justificou o voto de Jade em Arthur como uma forma defesa. Gaslighting é uma forma de violência psicológica nos relacionamentos afetivos.

Imagem
Reprodução/Instagram

Maíra volta a falar do assunto nos stories

Mais tarde, após a eliminação de Naiara Azevedo com 57,77% dos votos, Maíra voltou a falar sobre o assunto em seus stories: “Os ADMs da Jade cometeram um crime fazendo um post acusando o Arthur de coisas bizarras e aí eu fiquei resolvendo isso liguei pra equipe da Globo, pro pessoal do BBB, pra gente resolver isso, porque isso é crime duas vezes”.

A coach fitness explicou por qual razão recorreu a Leo Picon para ajudá-la nessa situação: “Não conseguia falar com a equipe da Jade de jeito nenhum, nem com a equipe do BBB e aí por Deus o Leo Picon tava fazendo uma live e eu entrei na live dele e falei: ‘Preciso falar com você urgente, tô te mandando meu telefone por inbox'”.

“A equipe da Jade cometeu um crime muito grave do qual a Jade, que tá lá dentro, não tem culpa e não tem conhecimento, mas quando ela saísse aqui fora ela ia ter cometido um crime aqui fora. Um coisa é o jogo, outra coisa é aqui fora. A internet não é terra sem lei. Isso é muito grave. Ela cometeu um crime grave quando ela fez um repost”, repetiu a loira.

Reprodução/Instagram

Houve crime de fato?

Maíra Cardi reforçou que sua advogada está cuidando do caso e que Manuela já responde por inúmeros processos, mas a psicanalista não se amedrontou, respostou a polêmica publicação e ainda debochou da influencer: “A gata dizendo que gaslighting é uma doença psíquica kkkkkkkkkk mico. Gente, nunca vi uma imagem valer tantos milhões, hein. Kkkkkk”.

Em seguida, em uma longa sequência de stories, a psicanalista disse não temer as ameaças da esposa de Arthur: “Não tenho medo de processo, porque não há nada mais perigoso do que ser mulher no 5° país no ranking do feminicídio, onde há cada hora 30 mulheres são agredidas”.

Mas, será que houve crime de fato? De acordo com as leis brasileiras, o post da doutora em psicologia pode se enquadrar nos crimes de ofensa a honra, uma linha tênue entre calúnia e difamação que precisa ser analisada, é claro, por especialistas. Isso porque Manuela atribui fatos negativos e criminosos ao Arthur Aguiar, já que, segundo o artigo 147-B da Lei 14.188/21, abuso psicológico é crime.

Além disso, analisar os comportamentos e transtornos de alguém que não seja seu paciente pode ser considerado uma prática ilícita. Sobre a equipe de Jade Picon repostar a publicação, não há artigos na lei que configurem a atitude como crime, mas compartilhá-la pode ajudar a perpetuar não só a parte positiva, mas também a negativa, gerando ataques e transtornos para todas as partes envolvidas.

Confira o post que gerou toda essa polêmica:

Leia outros textos do colunista aqui. Fique por dentro da cobertura completa do Big Brother Brasil 22  no Observatório da TV e em nosso canal no YouTube!