Saiba curiosidades da trama eletrizante de Bebê a Bordo, que chega agora ao Globoplay

Novela de Carlos Lombardi foi ao ar em 1989

Publicado em 07/11/2021 13:26
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir de segunda, 08/11, a novela Bebê a bordo passa a fazer parte do catálogo de novelas clássicas do Globoplay. Considerada uma novela a frente na época da exibição nos anos 80, sem dúvida uma trama com texto irreverente e bem-humorado e ao mesmo tempo cheia de ação.

A Trama

O folhetim, de autoria de Carlos Lombardi, marcou o ano de 1989, direção de Roberto Talma, Antonio Rangel, Marcelo de Barreto e Paulo Trevisa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elenco

Um elenco de feras como Isabela Garcia, Tony Ramos, Dina Sfat, Maria Zilda Bethlem, Inês Galvão, Ary Fontoura e grande elenco fizeram parte dessa novela que marcou o horário das 19h.

Trama Principal

A história ambientada em São Paulo, mostra a relação da pequena Helena com Ana (Isabela Garcia), Laura (Dina Sfat) e Tonico (Tony Ramos). Depois de um assalto, Ana dá à luz a criança no carro, e abandona a mesma para fugir da policia. Tonico passa a cuidar da menina e ali começa a disputa pela menina.

Reapresentação

A novela foi reprisada no vale a pena ver de novo de 9 de novembro de 1992 a 12 de março de 1993, em 90 capítulos, e no Canal Viva a partir de 15 de janeiro de 2018, em 131 capítulos, sendo que gerou polêmica entre os fãs da novela, Viva editou a novela após o capítulo 91 da trama, sem dar maiores detalhes. No Viva Play foi postado os capítulos na íntegra em respeito aos fãs da novela.

Curiosidades da Novela

Carlos Lombardi escreveu o personagem Tonico, de Tony Ramos, pensando em dar ao ator um papel que ele nunca tinha vivido até então, um rapaz muito ansioso.

O título da novela foi uma idéia de Boni. Ele não aprovou o nome inicial que seria A Filha da Mãe, e sugeriu Bebê a Bordo.

Jorge fernando, que interpretou Zetó, deixou a novela antes do fim, para ingressar em Que Rei Sou Eu? (19890.

A novela foi o último trabalho na televisão da atriz Dina Sfat, falecida em março de 1989.

A novela sofreu cortes na censura, algumas cenas com a atriz Carla Marins, não foram levadas ao ar.

Live no Instagram

Em uma live realizada no instagram de Marcos Michalak, o autor Carlos Lombardi, destacou muitas curiosidades da novela:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio