Relembre o TOP 10 das maiores rejeições na história do Big Brother Brasil

A temporada de 2021 é a que mais tem nomes nesse ranking

Publicado em 11/01/2022 16:13
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova edição do Big Brother Brasil está chegando e com ela sempre vem alguém que o público não vai com a cara, principalmente os que carregam os recordes de rejeição nas eliminações.

Mas será que alguém no BBB 22 vai conseguir superar os 99,17% de Karol Conká no BBB 21? Por sinal, a última temporada do reality show acabou sendo a que mais teve recordes de rejeições na história do programa da TV Globo, o primeiro deles sendo até o maior do mundo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa é realizado desde o início dos anos 2000, sempre sendo um grande sucesso de repercussão. E ao mesmo tempo em que o público se encanta por alguns dos participantes, outros também acabam sendo odiados. Em algumas ocasiões, os vilões acabam sendo mais lembrados do que os vencedores.

Outros conseguem destaque, não desaparecem da mídia tão cedo e conseguem até mesmo entrar em outros realities. Existem também os vilões que caem na graça do público e são ovacionados por colocar fogo no parquinho. Confira abaixo o ranking de rejeição das história do Big Brother Brasil:

1º: Karol Conká (BBB 21): 99,17%
2º: Nego Di (BBB 21): 98,76%
3º: Viih Tube (BBB 21): 96,69%
4º: Aline (BBB 5) – 95%
5º: Patrícia Leitte (BBB 18) – 94,26%
6º: Felipe Cobra (BBB 7) – 93%
7º: Nayara Helena (BBB 18) – 92,69%
8º: Rafael Leandro (BBB 12) – 92%
9º: Rogério Padovan (BBB 5) – 92%
10º: Projota (BBB 21) – 91,89%

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio