Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Novidade

Ouro Verde é a primeira novela portuguesa disponível no Globoplay

Trama internacional de Maria João Costa já está disponível na plataforma

Publicado em 25/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A novela portuguesa Ouro Verde, ganhadora do Emmy Internacional de melhor novela, e exibida originalmente em Portugal em 2017, já integra o catálogo do Globoplay.

A trama conta com atores brasileiros no elenco, como Zezé Motta, Silvia Pfeifer, Gracindo Júnior e Bruno Cabrerizo – no ar hoje na TV Globo em ‘Quanto Mais Vida, Melhor’. A plataforma vai publicar 15 capítulos por semana da trama de Maria João Costa. Jorge Monforte (Diogo Morgado), o personagem principal, é um empresário da região da Amazônia. Sua empresa, Ouro Verde, do ramo agropecuário, tem reconhecimento internacional.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Aproveitando sua riqueza, Jorge investe em ações do BBFF (Banco Brandão Ferreira da Fonseca), do qual mais tarde se torna membro do conselho administrativo. Mas Jorge esconde um segredo: sua real identidade, Zé Maria Magalhães. No passado, seu pai, João Magalhães (Paulo Pires), diretor financeiro do BBFF, foi acusado injustamente de fraudar e desviar verbas do banco, de propriedade de Miguel Ferreira da Fonseca (Luís Esparteiro).

A acusação faz com que ele seja assassinado a mando de Miguel, assim como sua família. Mas Zé Maria/Jorge consegue escapar e foge para o Rio de Janeiro. No Brasil, em um ato de coragem, Zé Maria/ Jorge salva o empresário Januário Cavalcantti (Gracindo Júnior). Dono de grandes propriedades na Amazônia, Januário contrata o rapaz para trabalhar em seus negócios.

É aí que Zé Maria/ Jorge faz um outro inimigo, Laurentino (Bruno Cabrerizo). Também empregado de confiança de Januário, ele tinha planos de herdar todas as propriedades do patrão. Mas a chegada de Zé Maria atrapalha seus objetivos. Depois da morte de Januário, Zé Maria, agora Jorge Monforte, fica ainda mais rico e decide que é chegada a hora de colocar seu plano de vingança em prática.

Por isso, investe no banco BBFF, onde seu pai atuou como diretor, sem que ninguém saiba sua real identidade. Mas o amor pode atrapalhar seus objetivos. Antes de fugir de Portugal, ele e Bia Ferreira da Fonseca (Joana de Verona), filha de Miguel, se apaixonam. Anos depois, os dois se reencontram, o que coloca em dúvida o seu plano de vingança. 

Laurentino (Bruno Cabrerizo) em Ouro Verde (Reprodução/TVI).

ENTREVISTA COM BRUNO CABRERIZO 

Ouro Verde foi vencedora do Emmy Internacional. Para você, como parte do elenco, o que esse feito significou?
“Ouro Verde foi importante porque pude trabalhar pela primeira vez com atores brasileiros. Até então eu só tinha trabalhado com atores italianos e portugueses, e eu tive oportunidade de contracenar com Zezé Motta, Gracindo Júnior, Sílvia Pfeifer, e foi uma ótima experiência. Claro, fazer parte do elenco de uma novela que ganhou Emmy sempre é bom. Aliás, eu posso dizer que, apesar de eu não ter uma carreira longa com muitas novelas nas costas, como tantos outros colegas, eu faço parte do elenco de duas novelas que ganharam Emmy, ‘Ouro Verde’ e ‘Órfãos da Terra’.” 

Qual a importância, em sua opinião, de o Globoplay ter agora em seu catálogo tramas portuguesas, começando por Ouro Verde? 
“Eu acho que a estratégia do Globoplay de colocar novelas portuguesas no catálogo é ótima, até porque Portugal sempre consumiu e continua consumindo produtos do audiovisual brasileiro, as novelas, as séries, mas, principalmente, novelas. Então, ter novelas portuguesas no catálogo é também uma maneira de mostrar que o produto português também é muito bom. É uma troca entre culturas diferentes, porém muito parecidas em vários aspectos.” 

Pode contar um pouco sobre o seu personagem na história, Laurentino? 
“Laurentino da Silva é um rapaz trabalhador, muito leal a seu chefe que ele considera como um pai, o pai que ele não teve. Foi a pessoa que o acolheu, deu trabalho, carinho, afeto, até que surge na história o personagem do Diogo Morgado que faz o protagonista Zé Maria/ Jorge. Com a chegada dele, Laurentino se transforma, enxerga no personagem do Diogo um rival que vai tomar o lugar dele, principalmente na herança que supostamente seria somente do Laurentino. Ele vira uma pessoa completamente diferente pela ganância, pelo dinheiro e pelo amor do chefe que ele considerava como pai, o personagem do Gracindo Júnior.” 

Você também está no ar em ‘Quanto Mais Vida, Melhor’. Como está sendo a repercussão da novela? 
“Agora eu estou no ar em ‘Quanto Mais Vida, Melhor’ com o personagem Marcelo, estou feliz, foi uma novela que demoramos um ano para terminar. Eu acompanho as cenas, consigo ver o que eu faço, vejo cenas dos colegas, eu gosto muito da novela. O Allan Fiterman, que é o nosso condutor, nosso diretor artístico, é muito bom. Eu sou suspeito (risos), gosto muito de ‘Quanto Mais Vida, Melhor’ e do Marcelo, que é o meu personagem.”

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....