Brasilidade

Tela Quente exibe telefilmes produzidos por afiliadas da TV Globo nas primeiras sessões de 2023

O baiano Beleza da Noite inicia o ciclo nesta segunda-feira (23)

Publicado em 21/01/2023

Devido à exibição do BBB, os filmes da Tela Quente acabam começando muito tarde nas noites de segunda-feira, e empurram a grade para mais tarde, ainda que um pouco mais curtos do que o habitual. Pensando nisso e aproveitando o ensejo para valorizar as produções de afiliadas suas por todo o Brasil, a TV Globo programou telefilmes nacionais para a sessão durante seis semanas, a partir de segunda-feira (23).

Dirigido por Cecília Amado e Dayse Porto e lançado em 2022, o baiano Beleza da Noite, com roteiro de Gildon Oliveira, foi o escolhido para iniciar o ciclo. No bairro da Liberdade, em Salvador, a babá Michellini (Larissa Luz) decide dar uma boneca de presente para a filha de sete anos, Suellen (Mayana Aleixo). Mas, para a decepção da mãe, a menina escolhe uma boneca branca em vez de uma de pele preta. É aí que Michellini passa a se questionar sobre a beleza negra e a autoestima do povo preto.

Numa conversa com duas amigas, ela é convencida a participar do Concurso da Beleza Negra do Ilê Aiyê e assim, quem sabe, mudar a impressão que Suellen tem sobre a beleza do povo preto. Uma história familiar, que mostra mulheres de gerações diferentes e que também revela as dificuldades financeiras que elas passam para criar seus filhos. Além disso, o telefilme fala sobre como se dá a construção da identidade negra.

Os filmes programados para as semanas seguintes são Fuga de Natal, do Distrito Federal; Baião de Dois, do Ceará; Amor ao Quadrado, também do Distrito Federal; outro cearense, Guerra da Tapioca; e o pernambucano A Presepada.