Clássicos

Dancin’ Days e Uga Uga devem ser as novelas de fevereiro no Projeto Resgate do Globoplay

Amor Eterno Amor também entra, como integrante do Projeto Originalidade, além da minissérie Desejo

Publicado em 11/01/2023

Para o mês de fevereiro, o Globoplay promete uma novela reprisada pelo Viva há quase 10 anos e outra nunca reexibida até aqui, seja pelo canal pago, seja pela TV Globo. O Projeto Resgate deve disponibilizar Dancin’ Days, de Gilberto Braga, e Uga Uga, de Carlos Lombardi.

No final de 2022, o diretor de Produtos Digitais e Canais Pagos Globo, Erick Brêtas, responsável pelo Globoplay, publicou em sua conta do Twitter que em 2023 haveria algumas mudanças na disponibilização dos conteúdos clássicos, além de antecipar algumas informações sobre os próximos títulos.

Na ocasião, Brêtas escreveu que as minisséries e séries passariam a ter um calendário separado das novelas, com um lançamento ao mês. O primeiro, em janeiro, foi o de Som e Fúria (2009), de Fernando Meirelles, que serviu de homenagem ao ator Pedro Paulo Rangel, falecido em dezembro de 2002 aos 74 anos.

Ainda conforme Brêtas, quatro novelas da década de 1970 e outras quatro dos anos 1980 estão no calendário previsto para 2023 no Projeto Resgate. Dancin’ Days já cobre uma dessas vagas, original que é de 1978-1979. A produção estrelada por Sônia Braga, Joana Fomm, Antonio Fagundes e Glória Pires foi reprisada pelo Viva em 2014.

Júlia Mattos (Sônia Braga) em Dancin' Days, novela de Gilberto Braga
Júlia Mattos (Sônia Braga) em Dancin’ Days, novela de Gilberto Braga

Exibida em 2000-2001 às 19h, Uga Uga até hoje não foi reprisada, embora tenha feito bastante sucesso na época e seja pedida pelo público. Humberto Martins, Vivianne Pasmanter, Cláudio Heinrich e Lima Duarte interpretam os papéis principais.

Escrita por Glória Perez e exibida em 1990, Desejo estava prevista para janeiro, mas foi adiada e entra em fevereiro no Globoplay. Tarcísio Meira, Vera Fischer e Guilherme Fontes interpretam os papéis centrais, um triângulo amoroso que envolve o escritor Euclides da Cunha e culmina em tragédia.

No Projeto Originalidade, que oferece ao assinante da plaaforma o conteúdo de acervo exatamente como foi exibido na TV aberta, com vinhetas de abertura, intervalo e encerramento, a bola da vez é Amor Eterno Amor, de Elizabeth Jhin, exibida às 18h em 2012.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade