Novos personagens

Quem interpretou Firmino e Cândida na primeira versão de Renascer, em 1993?

Coronel e fazendeira são símbolos da primeira fase da novela

Publicado em 22/01/2024

O remake de Renascer destaca dois novos personagens que não apareceram na primeira versão da trama. A primeira é Cândida, interpretada por Maria Fernanda Cândido.

A fazendeira herda terras do marido, mas não sabe como lidar com o cacau. Após a morte do fazendeiro, ela é ameaçada por dois coronéis da região.

Para não correr risco, Cândida entrega suas terras para José Inocêncio (Humberto Carrão), após acolher e salvar a vida do forasteiro. Assim, ele ganha suas propriedades em vez de roubá-las.

Firmino (Enrique Diaz), um famoso coronel, está de olho nos lotes e vive ameaçando a mulher. Mas tudo muda quando Inocêncio toma posse e vira um grande produtor de cacau.

Belarmino (Antonio Calloni) e Firmino (Enrique Diaz) em Renascer
Belarmino Antonio Calloni e Firmino Enrique Diaz em Renascer

Com ódio, Firmino tenta acabar com o inimigo. Primeiro, manda seus capangas despelarem o rapaz. Depois, arma um plano com Belarmino (Antônio Calloni).

Entretanto, o vilão tem um final trágico e aparece apenas na primeira fase. Mas seu nome ainda é falado por toda a novela, já que ele é o pai de Egídio (Vladimir Brichta). Vale destacar que em 1993, o personagem não aparece, é apenas citado.

Após herdar as terras do pai, Egídio vira o novo coronel da região, mas longe da competência de Inocêncio (Marcos Palmeira). Invejoso, ele planeja a morte do rival para vingar o que aconteceu com seu pai.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade