Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Climão

Olívia de Páginas da Vida, Ana Paula Arósio abandonou novela e foi detonada por autor

Atriz deixou o elenco de Insensato Coração e irritou Gilberto Braga

Publicado em 27/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A reprise de Páginas da Vida no Canal Viva mostra cenas de Ana Paula Arósio como Olívia. A controversa personagem é super articulada, mas acaba irritando o público ao se envolver com Leo (Thiago Rodrigues).

Melhor amiga de Nanda (Fernanda Vasconcellos), ela reencontra o ex da falecida e ainda o ajuda a conquistar a guarda dos filhos. Protagonista, Olívia é considerada uma das personagens mais intragáveis da trama.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A obra de Manoel Carlos foi a última da atriz no horário nobre. Seria a penúltima, se ela não tivesse abandonado outra novela posteriormente.

Após Páginas da Vida, Ana Paula protagonizou Ciranda de Pedra, às 18h, e participou de uma série. Desde então, sumiu da TV e aparece raramente.

Atriz abandonou novela e irritou autor

Em 2011, Ana Paula Arósio foi escalada para Insensato Coração. Ela seria a protagonista Marina, uma moça moderna que se apaixonava pelo namorado da melhor amiga.

Estava tudo certo e as gravações marcadas para Santa Catarina. Mas, sem motivo, a atriz não apareceu. Pior, ela não deu justificativa. Oficialmente, a Globo disse que “a protagonista escalada para a trama não compareceu às gravações e, por isso, a direção tomou a decisão de substituir a atriz”.

Para o lugar de Ana Paula, foi escalada Paolla Oliveira. A loira ganhou sua primeira protagonista às 21h após o destaque em Cama de Gato, como a vilã Verônica.

Após a polêmica, a Olívia de Páginas da Vida sumiu das telinhas. Desde então, recusou uma série de convites para voltar, aparecendo apenas em um filme e um comercial. Hoje em dia, ela vive na Inglaterra.

Na época do lançamento de Insensato Coração, o autor Gilberto Braga evitava falar o nome da artista. “Não mudamos nada no roteiro. Fico muito triste em relação ao Fábio, adoro ele, embora o trabalho do Gabriel [Braga Nunes] esteja muito bom. A outra não liguei a mínima. Adorei a Paola [Oliveira]”, disse.

Mas, um tempo depois, detonou Ana Paula Arósio. “Esse é um assunto que não me agrada. Ela foi antiprofissional. O que posso dizer é que estou muito feliz com a escalação da Paolla”, disse em uma entrevista.

Vale lembrar que, antes das gravações, Fábio Assunção, também pediu para deixar a trama. Prontamente ele foi substituído por Gabriel Braga Nunes.

Marina (Paola Oliveira), Pedro (Eriberto Leão) e Luciana (Fernanda Machado) em Insensato Coração (Globo / João Miguel Júnior)

Novela é pouco memorável

Insensato Coração foi uma novela escrita pelo falecido autor Gilberto Braga em parceria com Ricardo Linhares. A trama foi exibida em 2011 e hoje em dia é considerada pouco memorável.

Em comparação com as obras anteriores de Braga, pecou na qualidade e apresentou uma história pouco atrativa. O casal protagonista, vivido por Paolla e Eriberto, não vingou.

Para dar um jeito, o foco foi dado para o triângulo amoroso entre os personagens de Camila Pitanga, Lázaro Ramos e Antonio Fagundes. Entre os coadjuvantes, a tia Neném, de Ana Lúcia Torre, cativou o público.

Outra história interessante era a vingança de Norma (Gloria Pires), que após levar um golpe e ser presa, enriqueceu e surgiu para atormentar Leo (Gabriel Braga Nunes).

Ao final, a vilã foi assassinada misteriosamente, garantindo o “quem matou” para movimentar o final da produção. Wanda (Natália do Vale), mãe de Leo, foi a responsável pelo crime.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....