Generoso

Geremias revela porque não teve filhos e toma decisão sobre herança no final de O Rei do Gado

Italiano faz as pazes com Bruno e anuncia todos os seus herdeiros

Publicado em 26/05/2023

Por que Geremias não teve filhos? A explicação do personagem de Raul Cortez vem no final de O Rei do Gado, durante uma conversa esclarecedora com Bruno (Antonio Fagundes).

Por incrível que pareça, tio e sobrinho fazem as pazes e decidem até derrubar a cerca que divide as fazendas dos Mezenga e Berdinazi.

A responsável por selar a parceria entre os dois é a antiga medalha que Giuseppe (Tarcísio Meira) enterrou no cafezal após receber a notícia da morte de seu filho, Bruno (Marcello Antony).

Bruno Mezenga (Antonio Fagundes) em O Rei do Gado
Bruno Mezenga (Antonio Fagundes) em O Rei do Gado

Decisão sobre herança

Bruno, que ganhou esse nome em homenagem ao seu tio que morreu na guerra, desenterra o artefato e entrega para Geremias, que decide conversar com o sobrinho cordialmente.

Os dois se acertam de vez e o fazendeiro revela ao rei do gado o motivo de não ter filhos. “Deus te deu fortuna e filhos. Para mim, só me deu fortuna. Por causa daquela maledeta caxumba! Eu acho que esse foi o meu castigo!”, dispara.

Geremias conta que, ao contrair caxumba, ficou estéril. Segundo o italiano, isso aconteceu por uma punição divina, depois que ele deu um golpe em seu irmão, Giácomo (Manoel Boucinhas), o pai de Luana (Patrícia Pillar).

Geremias (Raul Cortez) em O Rei do Gado
Geremias (Raul Cortez) em O Rei do Gado

Depois de expor o detalhe pessoal, o velho toma uma decisão sobre sua herança. “Eu quero fazer meu herdeiro aquele bambino que você tem em sua casa. E também a Luana, a Marieta, que isso eu devo ao meu irmão. Giuseppe Berdinazzi, neto do teu avô Bruno, será meu terceiro herdeiro. Eu vou também vou fazer seu filho, Marcos, meu herdeiro também. Ele e tua filha! Eles têm o sangue da tua mãe, Giovanna”, afirma para Bruno.

Generoso, Geremias anuncia os seus herdeiros e faz Bruno prometer fazer o mesmo: dividir todos seus bens entre filhos e netos, selando a paz entre as famílias.