Triste fim

Duas mortes trágicas causam a maior reviravolta na reta final de Amor Perfeito

Personagens queridos morrem de forma repentina na novela das seis

Publicado em 21/08/2023

A reta final de Amor Perfeito será marcada por duas mortes trágicas. Dois personagens têm um destino triste e causam a maior reviravolta na novela das seis.

Depois de muito tempo, Elza (Raquel Karro) reaparece na cidade. Ela é obrigada a voltar a São Jacinto após receber uma notícia grave: seu filho está com tuberculose.

Em estado grave, Fabiano (Pedro Sol) é levado ao hospital. Elza é avisada e corre para ver o rapaz, mas dá de cara com Turíbio (Glicério do Rosário), que aponta uma arma para a esposa fugitiva.

Prestes a acabar com a mulher, Turíbio erra o alvo e mata o próprio filho. Fabiano falece nos braços da mãe, que sofre demais, enquanto o jornalista é preso.

Fabiano (Pedro Sol) e Hermínia (Adriana de Broux) em Amor Perfeito
Fabiano (Pedro Sol) e Hermínia (Adriana de Broux) em Amor Perfeito

Em meio à comoção pelo fim do jovem, quem também morre em Amor Perfeito é Hermínia (Adriana de Broux). A enfermeira tem um desfecho trágico após salvar a vida de Leonel (Paulo Gorgulho).

Debilitada, ela se despede do empresário e falece, deixando o sobrinho, Tadeu (João Rodrigo Ostrower) desesperado. Ainda de luto e sem saber o que fazer, ele decide levar o pai de Marê (Camila Queiroz) para a Irmandade. A partir daí, o mistério sobre a falsa morte do dono do hotel é desvendado.